Coffee Break: a estratégia para a digitalização do Continente | Computerworld

Coffee Break: a estratégia para a digitalização do Continente

Conversámos com Frederico Santos sobre a digitalização dos supermercados Continente.

Por João Miguel Mesquita

A mudança constante que o mercado promove para atraíra as pessoas, a familiaridade que os clientes tem com as tecnologias que operam no seu dia-a-dia leva a que uma empresa como o Continente esteja na crista da onda da inovação e ofereça uma experiência aos seus clientes tão inovadora como a que vivem no seu dia-a-dia.

Hoje a oferta de interação com os clientes via mobile tem de ser no mínimo
similar as experiência do seu dia a dia na as redes sociais. O design, a rápida resposta e a inovação tem de permitir e garantir uma satisfação plena, se não ninguém lhe pega. A SONAE MC está atenta a este movimento tecnológico, e tem feito um caminho que compre os requisitos e exigências dos clientes, tentando sempre oferecer mais que a concorrência.

Frederico Santos, Diretor de Inovação e Transformação Digital da MC, mostrou-nos o caminho que tem percorrido o Continente e o êxito que tem conseguidoalcançar.

Uma das últimas experiencias está alinhada com o meio de pagamento, ou
melhor o hábito que as pessoas começam a adquiri de pagar sem ter de mexer em dinheiro, nem em cartão e cada vez menos no telemóvel.

Os meios de pagamentos têm sido objeto de inúmeras inovações e as pessoas tem-se sentido confortáveis com as inovações que lhes permitem estar livres de pagar sem se mexerem. O Continente Labs é um exemplo no que respeita a simplificação do modo de pagamento que em breve estará em todas as lojas Continente.

Esta conversa mostra ainda o investimento e confiança que a SONAE MC promove junto dos seus fornecedores de TI. Ora veja.