Solução Smart Asset Management aposta em tecnologia de Inteligência Artificial e Machine Learning

Esta solução da Nextbitt irá interagir com o utilizador colocando-lhe questões para que seja possível caraterizar a situação e tratar de todos os registos de forma 100% automática e transparente.

Tirando partido das mais  avançadas tecnologias de inteligência artificial e machine learning, bem como de funcionalidades como  speech recognition e cognitive search, a solução Smart Asset Management (S.A.M), da Nextbitt, permite agilizar e  automatizar os processos de gestão de operação das empresas com as suas respetivas equipas de  manutenção. O S.A.M é uma solução Software as Service da conceituada plataforma de gestão de ativos  físicos e sustentabilidade Nextbitt e baseia-se nos algoritmos cognitivos da Microsoft e de inteligência  artificial da Open AI, responsável pelo ChatGPT.  

Com a solução S.A.M as equipas operacionais vão relegar para o passado os ecrãs, a gravação de registos  ou a atualização workflows, começando a utilizar o Microsoft Teams, o WhatsApp, o Telegram ou até  mesmo a voz, para despoletarem processos, questionarem situações e receberem informação, de uma  forma muito mais ágil e automatizada. Será como se o software passar a ser um colega de trabalho e não  uma ferramenta.Esta solução é resultado da aposta estratégica da Nextbitt em incorporar na sua  plataforma mais avançadas tecnologias colocando-as ao serviço do negócio dos seus clientes. 

Para Miguel Salgueiro, Founder & Partner da Nextbitt, a apresentação ao mercado desta nova solução  é uma revolução na forma como as aplicações empresariais recolhem e atualizam informação, acelerando  e simplificando drasticamente o esforço das equipas de gestão de ativos físicos e sustentabilidade  atualizada, através de uma ferramenta efetiva na gestão de operação.” Acrescenta ainda “O S.A.M tem  capacidade de melhorar e desenvolver as árvores de decisão, aprendendo ao longo do tempo e garantindo  respostas e ações cada vez mais assertivas e eficazes.” 

Numa primeira fase, a solução identifica o tipo de negócio da organização, ou seja, se está perante uma  instituição bancária, uma unidade industrial ou uma entidade de outro setor. A partir desta identificação,  um utilizador, de uma organização que já tenha implementada a solução, pode informar o S.A.M sobre  uma falha nas suas instalações ou equipamentos, desde o ar condicionado não fazer frio, á prensa  hidráulica estar a produzir peças com defeito ou até ao aumento repentino do consumo de energia a uma  determinada hora do dia.

Neste sentido, a solução S.A.M. irá interagir com o utilizador colocando-lhe questões para que seja possível caraterizar a situação e tratar de todos os registos de forma 100% automática e transparente.  Dar a nota de que os utilizadores não necessitam de entrar diretamente na plataforma, na medida em  que o S.A.M. consegue identificar quem são, se estão devidamente autorizados e em que contexto (se são  funcionários, prestadores de serviço, etc.). 

Tiago Martins, Engineering Manager da Nextbitt, refere que “a incorporação de tecnologias de Inteligência  Artificial e Machine Learning nas soluções da Nextbitt faz parte da nossa estratégia de inovação, com o  objetivo de proporcionarmos aos nossos utilizadores ecossistemas inteligentes, simples e muito focados  na usabilidade.” 

Para o concretizar, a Nextbitt tem vindo a desenvolver uma parceria estratégica com a Microsoft para poder trazer aos seus clientes as mais avançadas soluções tenológicas.  




Deixe um comentário

O seu email não será publicado