Intel regista maior prejuízo trimestral da sua história

Esta perda contrasta com os benefícios de mais de 8.000 milhões de dólares que tinha registado no mesmo período de 2022.

intel

Por Lusa

 O fabricante de microchips e equipamentos eletrónicos Intel registou no primeiro trimestre o maior prejuízo da sua história, de 2.758 milhões de dólares (2.501 milhões de euros), devido à queda das vendas de computadores e outros produtos.

Esta perda contrasta com os benefícios de mais de 8.000 milhões de dólares que tinha registado no mesmo período de 2022 a empresa norte-americana, que já tinha registado um prejuízo de 664 milhões de dólares no último trimestre de 2022.

Entre janeiro e março, o volume de negócios da Intel caiu 36%, para 11,715 milhões de dólares, um nível que não se via desde 2010.

A empresa espera, no segundo trimestre do ano, uma faturação entre 11.500 e 12.500 milhões de dólares.

Neste primeiro trimestre, todas as divisões da Intel viram as vendas caírem, com exceção da Mobileye, a unidade de veículos autónomos, que cresceu 16%.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado