Lenovo investe em projetos para criar cidades mais empáticas e inovadoras

Nova parceria com a Ashoka Empreendedores Sociais pretende capacitar redes de agentes para a mudança em todo o Hemisfério Sul que impulsionem ações sociais positivas e promovam um futuro mais brilhante para as comunidades.

A Lenovo e a Ashoka, organização internacional sem fins lucrativos com foco em empreendedorismo social, anunciaram uma parceria para identificar e capacitar quatro redes locais de agentes de mudança. A Lenovo doou 100 mil dólares americanos (cerca de 100.670 euros) à Ashoka para acelerar a inovação e apoiar iniciativas originárias de Guadalajara, no México; Puerto Princesa, nas Filipinas; Salta, na Argentina; e Joanesburgo, na África do Sul. A Lenovo e a Ashoka irão também colaborar para aproximar e envolver as unidades de mudança da Ashoka e as unidades de negócios e escritórios locais da Lenovo numa viagem transformadora e coletiva, de forma a criar um impacto positivo no sector tecnológico.

Este esforço assenta na Kind City initiative da Lenovo, uma visão crowd-sourced para um futuro mais empático e fortalecedor. Através da investigação global, um podcast interativo, e de um conselho de visionários inspiradores, a Lenovo utilizou a IA para transformar as apresentações globais em 10 princípios fundadores de uma cidade mais inclusiva e mais agradável, possível através da tecnologia.

A Kind City alinha-se com a missão da Ashoka de criar um mundo onde todos são um fator de mudança, onde todos têm a empatia, agência e capacidade de liderança para promover uma mudança positiva nas suas comunidades. “Estamos orgulhosos e entusiasmados com a parceria com a Ashoka e apoiamos diretamente a inovação socialmente consciente”, disse Calvin Crosslin, diretor de Diversidade da Lenovo e presidente da Fundação Lenovo. “Esta parceria põe em ação a nossa visão de Kind City e encarna o nosso compromisso de fornecer tecnologia mais inteligente para todos, dando prioridade à sustentabilidade, sendo uma força de inovação”.

Acelerar polos regionais

O apoio da Lenovo ajudará a acelerar estes polos regionais, dedicados a fomentar a colaboração e a elevar as ideias mais impactantes. Os agentes da Ashoka podem ligar-se, aprender uns com os outros, desafiar paradigmas historicamente estabelecidos e, juntos, difundir as suas ideias.

Em cada capítulo serão selecionados quatro agentes da mudança; estes poderão incluir os atuais Companheiros da Ashoka, agentes da mudança em ascensão, e líderes tecnológicos locais. Os agentes changemakers selecionados também farão parte de uma campanha global para inspirar as pessoas a serem, também elas, agentes changemakers nas suas próprias comunidades.

“Durante mais de 40 anos, a Ashoka deu poder aos agentes locais em todo o mundo para reimaginarem corajosamente e moldarem o futuro”, disse Jeanine Buzali, diretora das Empresas Transformadoras na América do Norte, uma iniciativa global da Ashoka que procura co-liderar a mudança social com o setor privado. “Estamos entusiasmados por ver a Lenovo fazer este investimento em bondade, igualdade e inclusão, e sei que o nosso compromisso comum com a inovação empresarial terá um impacto duradouro nestas comunidades”.

Esta colaboração baseia-se na crença da Ashoka no poder do empreendedor social de ativar o potencial de mudança dos outros para que comecem a ver o mundo através da lente das possibilidades e não dos problemas.

A iniciativa Kind City foi moldada por visionários incluindo o famoso cientista adolescente Gitanjali Rao, ativista, apresentador do programa Queer Eye Tan France, e inovador em acessibilidade e “cyborg humano” Dr. Peter Scott-Morgan. A Ashoka está a ajudar a trazer a sua visão à realidade com vista em colmatar uma “lacuna de bondade”, descoberta através de uma investigação da Lenovo: segundo a mesma, 97% dos habitantes de cidade acreditam que é importante que as suas comunidades tenham bondade/empatia, mas apenas 37% sentem que a sua cidade atual é um lugar amável para viver ou trabalhar.

“Precisamos de empresas corajosas para se juntarem a nós na rutura dos paradigmas existentes e na mobilização da próxima geração de agentes de mudança”, disse Buzali. “Estamos gratos pelo apoio e colaboração da Lenovo, e mal podemos esperar para ver as ideias ganharem vida”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado