Brasil: Investimento em publicidade digital cresce 27%

Segundo o IAB Brasil, mais da metade do total do investimento publicitário no digital – que somou 5,4 mil milhões de euros – foi para as redes sociais.

O mercado da publicidade digital registou um grande salto nos investimentos em 2021, revelou um novo relatório do IAB Brasil, o Digital AdSpend 2021, realizado em parceria com a Kantar IBOPE Media. Segundo o inquérito, no ano passado foram investidos 5,4 mil milhões de euros em publicidade digital, um aumento de 27% em comparação com o ano anterior.

O estudo revela ainda que mais de metade do investimento total em publicidade digital em 2021 foi destinado a plataformas de comunicação social (54%) – o que também se reflete na participação de dispositivos móveis, que representaram 76% da quota do dispositivo.

Quanto aos formatos, 37% dos investimentos foram direcionados para vídeos, 33% para imagens (soma de formatos de exibição como banners, cabeçalhos, gifs, etc.) e 30% para motores de busca.

Segundo o Digital AdSpend 2021, 15 dos 26 sectores inquiridos representaram 94% do investimento total em publicidade digital no ano passado. E dois destes sectores – serviços (26%) e comércio (24%) – concentraram metade do investimento total no período analisado. Empresas como as financeiras (9%), telecomunicações (7%), eletrónica (6%) e meios de comunicação social (5%) também se destacam na participação da contribuição.

“Os dados do Digital AdSpend são uma referência importante para orientar o planeamento, mudanças e inovações dentro das empresas. […] Além disso, a partir dos dados de 2021, começamos a construir uma base histórica para monitorizar a evolução e o movimento deste investimento entre formatos, dispositivos e setores ano após ano”, diz Cris Camargo, CEO do IAB Brasil.

Outro crescimento significativo registado pelo estudo foi o facto de que, entre 2020 e 2021, o número de anunciantes que começaram a investir em canais digitais cresceu 30%.

Os sectores que mais investiram em pesquisa, em valores absolutos, foram o comércio (760 milhões de euros), serviços (307 milhões de euros), eletrónica e informática (107 milhões de euros), financeiro (70 milhões de euros) e turismo (61 milhões de euros). Estes cinco sectores representam 66% do investimento.

Em imagem, os sectores que mais investiram neste formato, em valores absolutos, foram os serviços (524 milhões de euros), comércio (300 milhões de euros), financeiro (235 milhões de euros), telecomunicações (169 milhões de euros) e media (146 milhões) de euros. Em conjunto, estes cinco sectores representam 83% do investimento em formatos de imagem.

Em vídeo, os 5 primeiros em investimentos, em valores absolutos, neste formato foram os sectores dos serviços, comércio, financeiro, telecomunicações e eletrónica e tecnologias de informação – em conjunto, estes sectores representam 68% do investimento no formato.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado