Google adquire Raxium num impulso de Realidade Aumentada

A Google está a avançar com suas ambições de AR ao adquirir a startup microLED Raxium por um valor não revelado.

O Google adquiriu a Raxium, uma startup de cinco anos da Bay Area que trabalha em tecnologias de exibição microLED para wearables e headsets de Realidade Aumentada e Virtual (AR e VR).

“A experiência técnica da Raxium nesta área desempenhará um papel fundamental à medida que continuamos a investir nos nossos esforços de hardware”, escreveu Rick Osterloh, Vice-Presidente Sênior de Dispositivos e Serviços da Google, numa publicação no blog. A equipa da Raxium juntar-se-á imediatamente à equipa de dispositivos e serviços da Google.

Os termos financeiros do acordo não foram divulgados, mas podem chegar a mil milhões de dólares, de acordo com relatórios anteriores do The Information.

A Raxium não é a primeira empresa de AR que a Google tem como alvo, recentemente, em 2020, comprou a empresa canadiana de óculos AR North.

A Google também está a contratar uma equipa de sistema operacional de realidade aumentada, focada na criação de software para um “dispositivo AR inovador” desconhecido.

O projeto é supervisionado por Clay Bavor, Vice-Presidente do Labs, que também gere o Project Starline, uma cabine de bate-papo por vídeo que faz com que a pessoa com quem você está a conversar apareça na sua frente na realidade virtual.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado