Coffee Break com João Fernandes: “para tornar as cidades portuguesas mais inteligentes só falta capacidade orçamental porque vontade política existe”

O mundo está em transformação digital e as suas cidades estão em constante evolução. A excelência que é exigida pelos cidadãos quer nos serviços prestados pelas autarquias, quer na promoção constante da melhor mobilidade ou condições de conectividade são cada vez maiores. Conversámos com João Fernandes, Diretor Geral da NEC em Portugal, sobre o estado das “Cidades Digitais em Portugal” e o tanto que ainda há para fazer.

Por João Miguel Mesquita

A NEC, tem como objetivo ajudar as cidades a responderem de forma flexível aos desafios que se lhes deparam em cada fase do seu desenvolvimento. Com soluções Smart City experimentadas em diversas cidades espalhadas pelo mundo com múltiplas necessidades, a empresa posicionou-se como um dos principais parceiros para a definição de estratégias para cidades inteligentes. Foi o que aconteceu por exemplo na capital do país com a Plataforma de Gestão Inteligente de Lisboa, uma plataforma de middleware open source, que tira partido da tecnologia IoT e de APIs abertas para recolher, armazenar e analisar dados sobre o funcionamento de toda a cidade, em tempo real.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado