Responsáveis de saúde ibéricos debateram em Faro soluções TI para os cuidados de saúde

Ascom assume ter nos seus planos futuros próximos o investimento e apoio do mercado português.

A Ascom, empresa fornecedora de soluções tecnológicas focadas nos cuidados de saúde, tomou a iniciativa de reunir vários responsáveis do setor de saúde a nível nacional e internacional para que se discutisse a sustentabilidade da inovação em saúde. O encontro teve lugar em Faro, e decorreu, em formato híbrido, na passada sexta-feira, 15 de outubro.

Sob o mote “Vencendo os novos desafios em Saúde e Cuidados de Saúde”, o evento dividiu-se em quatro painéis.

  • Os Novos Desafios no Hospital do Futuro, com a participação de
    • Dr. António Taveira Gomes, Presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde de Matosinhos que apresentou os novos desafios do modelo de cuidados integrados nesta unidade de saúde
    • Stéphane Kirche e Benoist Alexandre, responsáveis do Groupement Hospitalier Nord Saône Et Loire, em França, que se focaram no desafio dos dados e na importância de trabalhar com tecnologia preditiva
    • Aida Felipe Villalobos, Pediatra no Hospital de San Joan de Deu, em Barcelona, com o tema “Mudança do Paradigma de Assistência numa Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos”
  • A Extensão do Atendimento Hospitalar à Comunidade, com a participação de
    • Dr. Delfim Rodrigues, coordenador nacional do Programa de Hospitalização Domiciliária nos hospitais do SNS, que reforçou a importância de investir na medicina de proximidade, com a criação, por exemplo, de hospitais de dia e consultas abertas
    • Apresentação por Rosa de Matos, Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, do caso SmartAL, uma solução de telemonitorização de sinais vitais à distância
  • Experiências nos Cuidados Continuados, com a presença de
    • Neuropsicóloga Cátia Gameiro, responsável pelo programa de reabilitação cognitiva na área de demência da Casa de Saúde da Idanha, que apresentou práticas e soluções, como a roboterapia e a realidade virtual imersiva e não imersiva, para melhor acompanhar os utentes nesta condição
    • Dr. Jonathan Gomez, Chief Scientific Oficer da FundeSalud da Junta de Extremadura, com a apresentação do caso da Extremadura e do projeto CRANE, que visa apoiar sistema de saúde e prestação de cuidados através da transformação digital
  • Inovação e Sustentabilidade, com 
    • Uma visão para a região de saúde do Algarve apresentada por Dr. Paulo Morgado, Chairman do Conselho de Diretores da Administração Regional de Saúde do Algarve (ARS)
    • Dr. Francisco Neves, professor coordenador da Universidade do Algarve, que destacou o ecossistema de inovação do Algarve em que o Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) está inserido, procurando, através da colaboração com entidades várias, gerir parcerias tecnológicas para a inovação. 
    • Patrícia Rego, Vogal Financeira do Conselho de Administração do CHUA, que analisou o modelo de financiamento do setor da saúde, propondo que o mesmo seja orientado em função dos resultados em saúde
    • Engenheiro Sérgio Ferreira, que apresentou o projeto DataCoLAB, liderado pela empresa multinacional SGS. O projeto tem por objetivo potenciar o desenvolvimento de serviços inovadores baseados no tratamento responsável e inteligente de dados
    • A sessão terminou com a apresentação de Lionel Reichardt, blogger de Saúde Digital, sobre o Estado d’Arte das tecnologias de informação para a Saúde na Europa.

“O objetivo da Ascom é, naturalmente, contribuir, direta e indiretamente, para o desenvolvimento de soluções tecnológicas e sua adoção. Poder realizar este evento numa região tão comprometida com a inovação tecnológica para a saúde e congregar responsáveis do setor, a nível nacional e internacional, para debater este tópico é uma honra para nós,” começa por dizer Carlos Jaime, Diretor Geral da Ascom France & Spain, no discurso de encerramento do evento. “Foi o primeiro evento da Ascom em português e não poderia ter corrido melhor. O mercado nacional é bastante promissor, pelo dinamismo e inovação que o caracterizam, e é um mercado em que pretendemos com certeza investir.”

Ainda este mês, a Ascom marcará presença, como Gold Partner, no Health Data Forum, um evento híbrido à escala internacional a realizar-se no Porto, nos dias 28 e 29 de outubro. Serão dois dias de partilha de experiências entre especialistas de diversos backgrounds com o objetivo de debater os vários desafios inerentes ao processo de otimização do sistema de saúde.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado