IBM apostada em ajudar as empresas a identificar riscos climáticos

A IBM lança uma solução de inteligência ambiental que tira partido da Inteligência Artificial (IA) para apoiar as organizações na resposta às alterações climáticas que possam perturbar o seu funcionamento, além de ajudar a avaliar mais facilmente o seu impacto no planeta e a reduzir a complexidade da conformidade regulatória.

Cada vez mais as empresas estão a sofrer danos nos seus ativos causados pelas alterações climáticas, com interrupções nas cadeias de abastecimento e nas operações, bem como um aumento de expetativas por  parte dos consumidores e reguladores para atuarem como líderes ambientais. Condições meteorológicas  extremas, falhas no cumprimento das ações climáticas e danos ambientais causados pela ação humana,  foram assinalados no “Global Risks Report 2021” do Fórum Económico Mundial, como os três riscos mais  prováveis para as empresas, durante os próximos dez anos. As organizações precisam de uma visão prática  acerca do tempo e do clima para enfrentar estes desafios, mas os métodos atuais são geralmente confusos e complexos – exigindo trabalho manual intensivo, competências sobre clima e ciência de dados, assim  como poder de computação. 

O IBM Environmental Intelligence Suite anunciado hoje tem como objetivo ajudar as empresas a otimizar  e a automatizar a gestão de riscos ambientais e a operacionalizar processos subjacentes, incluindo a  estimativa e a redução de carbono para atingir as metas de sustentabilidade. Este software tira partido  dos dados meteorológicos da IBM existentes, o fornecedor global mais preciso a nível mundial, análises  geoespaciais avançadas já em uso por empresas de todo o mundo, e novas inovações da IBM Research. A  oferta é a primeira a reunir inteligência artificial, dados meteorológicos, análise de risco climático e  recursos de estimativa de carbono, permitindo desta forma que as organizações gastem menos recursos  no tratamento deste tipo de dados complexos e mais tempo para analisar as previsões e melhorar as suas  operações. 

O IBM Environmental Intelligence Suite é uma solução SaaS que permite às organizações: 

Monitorizar perturbações nas condições ambientais, como clima severo, incêndios florestais,  inundações, qualidade do ar e enviar alertas quando estas são detetadas; 

Prever potenciais impactos causados pelas alterações climáticas em toda a empresa utilizando  modelos de análise de risco climático; 

Obter previsões sobre possíveis interrupções operacionais e priorizar a mitigação e os esforços  de resposta;

Medir e reportar as iniciativas ambientais e operacionalizar a contagem de carbono, ao mesmo  tempo que reduz o esforço deste tipo de análise pelas equipas de procurement e de operations. 

Esta solução permite obter previsões ambientais por meio de APIs, painéis de controlo, mapas e alertas  que podem ajudar as empresas a enfrentar os desafios operacionais imediatos, bem como o planeamento e as estratégias a longo termo. Por exemplo, esta tecnologia permite que os revendedores possam estar  preparados para questões relacionadas com o transporte, o clima severo e interrupções do stock ou  fatores de risco ambiental em futuras localizações do armazém; as empresas de energia e de serviços  poderão determinar com maior precisão onde aparar a vegetação ao redor das linhas de energia ou  determinar quais são os ativos críticos que poderão estar brevemente em maior risco de incêndios  florestais, devido às alterações climáticas. Poderá ainda ajudar os supermercados a obter uma imagem  mais nítida de como é que os seus sistemas de refrigeração estão a contribuir para o aumento geral das  emissões de gases de efeito de estufa, e a priorizar localizações para a sua melhoria. 

O futuro dos negócios e o meio ambiente estão profundamente interligados. As empresas não estão  apenas a enfrentar os efeitos das interrupções climáticas extremas nas suas operações, mas também  estão a ser cada vez mais responsabilizadas pelos acionistas e reguladores, sobre como as suas operações  impactam o planeta”, assume Kareem Yusuf, Ph.D., General Manager, IBM AI Applications. “A IBM está a  unir todo o potencial da IA e da cloud híbrida para proporcionar às empresas inteligência ambiental com  o objetivo de melhorar o desempenho e osresultados de sustentabilidade, criar operações de negócio mais  eficientes de forma a reduzir o consumo de recursos, e criar um plano de resiliência face às perturbações  climáticas.” 

As empresas a nível mundial já estão a utilizar as principais tecnologias de meteorologia e de IA que  podem ser encontradas no IBM Environmental Intelligence Suite.  

O IBM Environmental Suite tira ainda partido das vantagens de inovação impulsionadas por IA da IBM  Research, que permite facilitar a análise de dados ambientais massivos aos cientistas de clima e de dados,  e ainda de uma nova estrutura de modelo de risco climático, cujos dados poderão ser utilizados para  prever futuros incêndios florestais e riscos de inundação. Além disso, esta solução irá alavancar  tecnologias exclusivas da IBM Research, que aplicam processamento de linguagem natural e automação  para ajudar as empresas a calcular as suas emissões de carbono e a identificar oportunidades que possam  ajudar a reduzir este número durante as operações ou com os fornecedores. 

O Environmental Intelligence Suite está integrado no portefólio de software mais amplo da IBM para  ajudar as empresas a operacionalizar ainda mais a sua inteligência ambiental – incluindo o IBM Maximo  Application Suite que permite às empresas proteger e alargar o ciclo de vida dos seus ativos críticos e o IBM Supply Chain Intelligence Suite para construir cadeias de abastecimento mais sustentáveis e  resilientes. 

As empresas poderão ainda tirar partido da larga experiência dos especialistas de IBM Global Business  Services para planear, implementar e acelerar as suas jornadas de transformação de negócios  sustentáveis. Estas estratégias incluem repensar operações, cadeias de abastecimento, gestão de emissões ou ESG e relatórios de riscos climáticos, com a ajuda de tecnologias emergentes para que as  organizações possam alcançar as suas metas de sustentabilidade. 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado