Oracle abre 14 novas regiões cloud

A estratégia da tecnológica é “atender os clientes onde eles estão, permitindo-lhes manter os dados e serviços onde precisam”.

As novas Cloud Region da gigante americana estão programadas para serem inauguradas no próximo ano em Espanha (ainda sem localização exata), Milão (Itália), Estocolmo (Suécia), Marselha (França), Cingapura (Cingapura), Joanesburgo (África do Sul), Jerusalém (Israel), México e Colômbia. Em 2022, mas depois, a empresa abrirá segundas regiões em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), Arábia Saudita, França, Israel e Chile. No total, a multinacional terá pelo menos 44 regiões de computação em nuvem até o final de 2022.

A Oracle afirma que pretendem estabelecer pelo menos duas regiões de computação em nuvem em quase todos os países onde atua. Os Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Coréia do Sul, Japão, Brasil, Índia e Austrália já as possuem. Com esta estrategia, a empresa garante a continuidade dos negócios e proteção contra desastres para os seus clientes, ajudando-os a cumprir seus requisitos de residência de dados no país.

A estratégia da tecnológica, segundo comunicado, é “atender os clientes onde eles estão, permitindo-lhes manter os dados e serviços onde precisam”. A empresa explica que as organizações podem implantar o Oracle Cloud inteiramente nos seus próprios data centers com Região Dedicada e Exadata Cloud Customer, implantar serviços em nuvem localmente com geridos baseados em cloud pública ou implantar serviços em cloud remotamente em Edge com Roving Edge Infrastructure. 

Cada Cloud Region fornece todo o catálogo de serviços de computação em nuvem e multicloud da Oracle , incluindo Oracle Database Autonomous, Oracle Container Engine para Kubernetes, Oracle Cloud VMware e solução Oracle Fusion Applications Cloud.

Embora sejam concorrentes, a Oracle e a Microsoft têm um acordo pelo qual os clientes das duas nuvens (Oracle Cloud Infrastructure e Azure) podem executar cargas de trabalho em ambas.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado