Glintt aposta em Bragança

Glintt abre novo escritório em Bragança, um espaço que irá servir de ponto de apoio para a equipa que está a ser constituída nesta região.

A Glintt anunciou a abertura de um novo escritório em Bragança, reforçando assim a sua cobertura nacional. No início de setembro a Nexllence, (Consultoria tecnológica powered by Glintt) e a equipa de Produto da Glintt vão estar nas instalações do Parque de Ciência e Tecnologia Brigantia-Ecopark. O parque é gerido por uma sociedade privada sem fins lucrativos, com objetivos científicos para o desenvolvimento de equipas de excelência em inovação tecnológica.

Numa fase inicial, a empresa irá centrar a sua atividade nas áreas de Consultoria e Desenvolvimento Aplicacional com base em Low-Code e desenvolvimento de produto para o setor da saúde. Este novo espaço irá servir assim como a base para as equipas que a Nexllence e a Glintt estão a constituir nesta região e que funciona com um modelo de trabalho flexível (casa-escritório).

De acordo com João Paulo Cabecinha, Executive Board Member da Glintt, “a abertura deste novo escritório representa mais um passo no crescimento da Glintt e na consolidação do seu posicionamento enquanto empresa de referência a nível nacional e internacional no desenvolvimento de soluções tecnológicas”. Continua referindo que “este novo espaço irá assim possibilitar à Glintt e à Nexllence estarem próximas de uma localização onde existe talento qualificado, criando, consequentemente, condições para um desenvolvimento mais equilibrado do território nacional, aproveitando as competências onde elas existem e favorecendo uma melhor qualidade de vida. Este investimento é também uma confiança inequívoca no futuro, contribuindo para a recuperação económico social do país na fase pós-pandemia”

Para o escritório em Bragança, a Glintt e a Nexllence vão recrutar perfis seniores e juniores, com competências em tecnologia e know-how em programação, em estreita parceria com as instituições de ensino superior da região, nomeadamente com o Instituto Politécnico de Bragança (IPB), potenciando o programa da Academia Glintt. Os perfis juniores vão ser integrados no programa de trainees Glintt, que tem um âmbito nacional e que funciona segundo um modelo híbrido (escritório e remoto).

O talento não está apenas nos polos de maior densidade populacional, como Lisboa, Coimbra, Braga ou Porto. Queremos apostar no talento proveniente do IPB e fortalecer a nossa relação de proximidade com esta entidade, atuando como um player consciente em iniciativas como sejam o Plano de Recuperação e Resiliência nacional. Enquanto natural de Bragança, é com orgulho e motivação que lidero a equipa de OutSystems da Nexllence enquanto peças fundamentais na estratégia da Glintt de consolidar na região um polo de competências nas áreas técnicas, e assim aumentar a qualidade de vida dos seus moradores, criando mais sustentabilidade e trazendo mais desenvolvimento para a região”, refere Carlos Vaz, manager da área de OutSystems da Nexllence, powered by Glintt.

Adicionalmente, existe ainda a possibilidade da Glintt e da Nexllence apoiarem o IPB na sua estrutura letiva, isto é, com módulos carreira, fomentando entre os alunos do politécnico a experiência vivida dentro das empresas.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado