Tangível selecionada para integrar UXalliance

Um dos principais objetivos da UXalliance é criar valor para os clientes, pois sendo uma das maiores e mais experientes redes internacionais de User Experience.

André Carvalho e José Campos, co-CEO da Tangível

 A consultora portuguesa Tangível, foi  a empresa portuguesa selecionada para integrar a UXalliance, organização internacional de empresas  líderes nas áreas de usabilidade e UX. Apenas uma empresa por país pode integrar a UXalliance, após um  rigoroso e seletivo processo de integração. 

“Desde 2018 que temos contactos com a UXalliance, no sentido de sermos um membro de pleno direito,  mas o acesso é muito restrito e tem de haver um processo de aproximação gradual e de ganho de  confiança”, explica André Carvalho, co-CEO da Tangível. 

“O processo demorou 3 anos, sendo que a UXalliance valida a qualidade das práticas técnicas e dos  resultados alcançados e é muito exigente no sentido em que só admitem membros que funcionem no  ‘state of the art’”, acrescenta José Campos, co-CEO da Tangível. 

“No nosso caso, pesou o trabalho feito ao nível do UX-PM Portugal – programa de formação/certificação  mundial com um elevado número de certificações portuguesas – e a abertura do mercado de Angola.  Adicionalmente, tivemos recentemente um projeto de UX Research a nível ibérico em que envolvemos  o membro espanhol da UXalliance: a TorresBurriel Estúdio, uma empresa de referência e reputada em  Espanha”, aponta André Carvalho. 

A UXalliance tem 29 membros e ajuda as organizações a criar melhores produtos e serviços para  diferentes geografias através de pesquisa, análise e design. 

Um dos principais objetivos da UXalliance é criar valor para os clientes, pois sendo uma das maiores e  mais experientes redes internacionais de User Experience, contribui, através desse network, para que  cada membro proporcione aos seus clientes um serviço de qualidade, baseado nas melhores  metodologias e tecnologias, de forma sempre inovadora. 

“Em concreto, vamos estar expostos a projetos de UX Research para grandes marcas internacionais,  que são desenvolvidos em múltiplas geografias. Sempre que uma grande marca lança uma app, por  exemplo, tem de testar a sua usabilidade em múltiplas geografias, com especificidades de línguas e  cultura. O que funciona na Ásia pode não funcionar na Europa mediterrânica, por exemplo.  Secundariamente, funciona como um selo de garantia ‘Best in Class’ na nossa área”, concretiza José  Campos. 

Desta forma, os clientes da Tangível ficam com a garantia de que as práticas de UX Research da empresa  são de classe mundial porque a UXalliance tem um grande enfoque em que todos os membros trabalhem  ao nível do que de melhor se faz no mundo.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado