Covid-19: BioNTech converte unidade de produção de vacinas em tempo recorde

Componentes-chave do novo sistema de gestão da produção prontas a usar em apenas dez semanas.

A empresa alemã de biotecnologia BioNTech SE converteu em tempo recorde, com a  ajuda da Siemens, uma instalação existente em Marburg, na Alemanha, para a  produção da vacina contra a Covid-19.  

A unidade de produção tem vindo a produzir a substância ativa da vacina desde  fevereiro e a vacina BNT162b2 (também conhecida como COMIRNATY) desde finais  de março.  

No outono de 2020, a BioNTech adquiriu uma unidade de produção que já estava  equipada para produzir substâncias biotecnológicas. Através da colaboração com a  Siemens e a equipa local de peritos em Marburg, o cronograma do projeto de  conversão das instalações existentes para a produção da vacina mRNA foi reduzido  de cerca de um ano para cinco meses, o que possibilitou a redução do tempo de  implementação de componentes-chave do novo sistema de gestão da produção para  dez semanas. O novo sistema e a digitalização total da produção também permitiram  que a documentação do processo produtivo (caderno de lote) fosse feita sem recurso  a papel. 

Todo o processo é controlado por soluções da Siemens: o sistema MES Opcenter  Execution Pharma, controla subsistemas e processos e ainda analisa a qualidade do  desempenho. As soluções de automação permitem desenvolver, otimizar e gerir os  processos de produção. Os processos mRNA incluem uma série de etapas de trabalho  manual que passaram a ser automatizados. Como a pesagem, que é agora executada por sistemas da Siemens, uma vez que a medição precisa do peso é vital para a  qualidade do produto. Todos os sistemas foram automatizados recorrendo ao sistema  de controlo de processo SIMATIC PCS-7 (DCS), que controla e regula os processos.  

Outros equipamentos utilizados incluem tecnologia de rede, pontos de acesso  WLAN, tecnologia de comunicação e o Portal TIA, uma plataforma integrada para a  engenharia de automação. A Siemens apoia ainda a BioNTech através de um serviço  de assistência abrangente e de atendimento permanente. A Siemens e a BioNTech  têm um longo passado de estreita colaboração, o qual foi intensificado ainda mais  para garantir a produção da vacina contra a Covid-19. 

Em Portugal, a Siemens disponibiliza igualmente o sistema Opcenter Execution  Pharma (MES), os sistemas de automação SIMATIC PCS-7, o SIMATIC SIPAT e a instrumentação para análise de processos de produção contínua, assim como os  respetivos serviços técnicos especializados, entre outros, que são específicos para  a indústria farmacêutica. Estas soluções simplificam os processos de investigação e  desenvolvimento de medicamentos, e aceleram as etapas de análise em laboratório,  com métodos inovadores de ensaio e validação para novas fórmulas e processos. 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado