ServiceNow passa a suportar Oracle Cloud Infrastructure

Os serviços OCI (Oracle Cloud Infrastructure) passam a estar associados à solução IT Operations Management Visibility da ServiceNow, permitindo que os clientes empresariais utilizem as plataformas de gestão de que já dispõem para automatizar, orquestrar e otimizar os seus recursos de infraestrutura.

A ServiceNow, umas das principais empresas no mundo a desenvolver soluções digitais de gestão de fluxos de trabalho digital permitindo que as pessoas possam trabalhar de forma mais fácil e eficiente, suporta a partir de agora a Oracle Cloud Infrastructure (OCI). Desta forma, os clientes empresariais podem aceder e gerir os seus recursos OCI através do portal da ServiceNow de que já dispõem, bem como através da aplicação IT Operations Management (ITOM) da ServiceNow, que lhes oferece um único dashboard para gerirem os recursos que utilizam nos diferentes ambientes de cloud pública, quer estes sejam Oracle ou de outros grandes fornecedores de cloud.

Muitas empresas globais escolhem a ServiceNow como a plataforma de referência para gerirem os seus serviços de TI (ITSM) e as operações de TI (ITOM). Com esta integração, os clientes empresariais têm agora a possibilidade de encontrar e gerir os recursos OCI IaaS, PaaS e CaaS utilizando a ITOM Visibility tal como o fariam para outros recursos cloud. 

“Os clientes empresariais estão cada vez mais dependentes de ambientes multi-cloud e precisam de ser capazes de gerir facilmente todos os seus recursos na cloud,” afirma Scott Twaddle, vice president of product, industries, and partnerships, da Oracle Cloud Infrastructure. “Esta integração representa um grande avanço para todos os nossos clientes que usam a Oracle, bem como outros fornecedores de cloud, para executarem as suas aplicações críticas de negócio. Os clientes podem agora aproveitar o portal que já possuem da ServiceNow para visualizar e gerir todos os seus recursos cloud, incluindo os da Oracle.” 

A ServiceNow e a Oracle anunciam a integração da ITOM Visibility com a OCI para que os clientes possam aceder ao inventário e analisar a utilização dos recursos cloud no seu ambiente OCI. Todos os recursos da Oracle Cloud que sejam encontrados podem ser extraídos e armazenados no repositório ServiceNow CMDB (Configuration Management Database), que pode então ser usado para monitorizar a disponibilidade destes recursos para serviços e operações de TI, bem como para rastrear os níveis de suporte. Além disso, ao conjugar o conteúdo do CMDB com a solução ServiceNow AIOps também permite que os clientes monitorizem as cargas de trabalho implementadas na OCI e proporciona a contextualização do serviço através da correspondência de serviços baseada em tags. 

“Com esta integração, a ServiceNow e a Oracle oferecem às empresas a possibilidade destas melhorarem facilmente os níveis de produtividade das equipas distribuídas e de disponibilizarem os seus produtos e serviços ainda mais rapidamente, bem como de poderem aceder a análises poderosas e criarem experiências excecionais para os seus colaboradores, independentemente do local onde estes se encontrem,” refere Jeff Hausman, VP & GM Operations Management (ITOM, ITAM, Security) & Data Foundations da ServiceNow. “Os nossos clientes conjuntos que utilizam a Now Platform e a OCI poderão usufruir do melhor de dois mundos, com uma experiência totalmente integrada que proporciona a maximização do valor dos seus investimentos na cloud e que mobiliza podo o poder da inteligência artificial para permitir uma abordagem proativa da gestão das suas operações.”

Os clientes, incluindo a Network Rail, já estão a beneficiar da integração da Oracle com a ServiceNow. A Network Rail gere 20 das maiores estações ferroviárias do Reino Unido e opera e desenvolve a infraestrutura ferroviária do Reino Unido, que inclui mais de 32.000 quilómetros de caminhos de ferro, 30.000 pontes, túneis e viadutos, bem como milhares de equipamentos de sinalização e de passagens de nível.

“Na Network Rail utilizamos o ServiceNow para manter e acompanhar os nossos sistemas e os nossos equipamentos. Estamos muito satisfeitos por agora também podermos observar a nossa implementação da Oracle Cloud Infrastructure,” explica Iain Sear, Database and Middleware Infrastructure Manager da Network Rail. “Estamos ansiosos por ampliar a utilização destes dois sistemas de modo a servirmos melhor os nossos clientes e as nossas equipas operacionais.”




Deixe um comentário

O seu email não será publicado