Vagas em aberto até final do ano para talentos de TI que se sentem “estranhos” onde trabalham

Entre as vagas em aberto, encontram-se as de Developer, Software Engineer, Designer UX e Product Owner.

A Invillia, empresa que desenvolve para game changers globais, lançou uma campanha lança com o objetivos de captar talento. A ideia é criar um movimento que convida  pessoas que se sentem “estranhas” onde trabalham, a viverem uma experiência fantasticamente nova, numa tecnológica que compreende o gosto delas pelo extraordinário, pelo geek, pelo diferente. O objetivo é identificarem a Invillia como o seu lugar no mundo e recrutar 100 profissionais de excelência no curto  prazo (prevendo-se a contratação de cerca de 600 até final do ano). Entre as vagas em aberto, encontram-se as de Developer, Software Engineer, Designer UX e Product Owner. 

“Enquanto as principais tecnológicas discutem a escassez de engenheiros e programadores e a  possibilidade de um apagão no setor já em 2022, a Invillia aborda nesta ação uma outra perspetiva:  a falta de espaço nas empresas para receber e desenvolver quem pensa diferente e quer ousar. Um  deficit das próprias techs, e não do mercado”, salienta Renato Bolzan, CEO da Invillia. 

Para tal, está em marcha o “Hello Strangers – Existe um lugar fantasticamente diferente para  trabalhar”, reforçando a ideia de que a empresa é uma alternativa universal – já que a sede da empresa  é virtual – para quem procura uma tecnológica aberta para inovar, com oportunidades para ousar. 

A estratégia tem o apoio de uma campanha de brand content com 5 histórias “geek cómicas” de 5 personagens que representam funções-chave na área das TI e brincam com a inquietude  de se sentirem os “estranhos” no emprego atual. 

Além disso, estão previstas ao longo dos dois meses da campanha, ações em comunidades de inovação  e tecnologia, lives em diversos canais do universo geek e micro eventos que abrirão conversas sobre o  desafio de ser um “Stranger”, tendências para o futuro, formação, conexão profissional-empresa no  mundo remoto, inclusão e diversidade, entre outros temas que a Invillia elegeu como fundamentais.  

O público-alvo, desta campanha, são profissionais que ambicionam um novo momento na carreira e ainda não o “encontraram” em nenhuma tecnológica ou projeto.  

“Muitos desses talentos estão cansados das mesmas possibilidades de sempre. E é importante  saberem que existe uma opção, quem os entende e cujo dia a dia é dominado pelo novo. Onde  ninguém se sente estranho. E com o trabalho conectado em que a Invillia é referência, já não é preciso ir para fora do país para integrar desafios de ponta. Com unicórnios e startups  revolucionárias. Ou aprender e evoluir continuamente com especialistas e talentos globais. Não  queremos só atrair quem quer fazer diferente, estamos preparados para desenvolver cada  profissional, ouvi-lo. E potenciar as suas ideias”, acrescenta Renato Bolzan.

Os argumentos são de peso e refletem também a inovação interna e a cultura inquieta da Invillia, como  as iniciativas Tech na Veia (workshops técnicos semanais), o Instation (sede virtual que conecta  talentos de qualquer parte do mundo), o In.Cash (rendimento extra em moeda virtual), a Invillia  Academy (universidade interna), o Talent Growth (plano de carreira em co-autoria) e os Infinite Powers (programa exclusivo e extenso de incentivos e benefícios). 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado