LG abandona o mercado de smartphones

Com esta decisão, aprovada pelo Conselho de Administração da empresa, a LG pretende-se “dedicar mais recursos a outras áreas de crescimento, como componentes de veículos, casas inteligentes, robótica, inteligência artificial e soluções e serviços B2B ”.

A LG é a primeira grande fabricante de smartphones do mercado a desistir deste negócio tendo em vista os resultados negativos que este mercado vem reportando nos últimos anos, nos quais sua divisão de telemóveis acumula perdas totais de 4.500 milhões de dólares há seis anos. A sul-coreana planeava vender essa divisão para outro player (o vietnamita Vingroup analisou a operação), mas, não encontrando comprador, optou por abandonar totalmente este mercado. A data efectiva de encerramento do negócio de telemóveis (que representa 7% do facturação da empresa) está prevista para 31 de julho de 2021 .

Com esta decisão, aprovada pelo Conselho de Administração da empresa, a LG pretende-se “ dedicar mais recursos a outras áreas de crescimento, como componentes de veículos, casas inteligentes, robótica, inteligência artificial e soluções e serviços B2B ”.

Em nota, a empresa garante que, embora não vá lançar novos modelos de smartphones no mercado, os telemóveis LG já produzidos continuarão disponíveis para compra e com todas as funcionalidades atuais de aplicações de terceiros intactas. “A LG continuará a oferecer suporte aos utilizadores de produtos móveis, fornecendo suporte pós-venda regular ao cliente e respeitando a política atual para atualizações de software e sistema operativo. Além disso, a garantia estipulada para os utilizadores será mantida em todos os momentos e os acessórios e peças de reposição continuarão a ser fornecidos para os modelos existentes ”.

A LG continuará a desenvolver tecnologias relacionadas ao setor de telemóveis, como a tecnologia 6G , “para fortalecer sua competitividade em outras áreas de negócios”. “Todas as principais tecnologias desenvolvidas durante as duas décadas de operações móveis da LG serão mantidas e aplicadas aos produtos atuais e futuros”, continua o comunicado.

A queda de um gigante do mercado móvel

A LG trouxe inovações notáveis ​​para o mundo dos telemóveis. A empresa é responsável, por exemplo, por avanços como as câmaras ultra grande angularEm 2013, quando atingiu sua idade de ouro no mercado de smartphones, tornou-se o terceiro maior fabricante de smartphones do mundo , atrás da Samsung e da Apple.

No entanto, a marca foi perdendo valor com alguns problemas de software e hardware dos seus aparelhos mais emblemáticos. Isto, juntamente com a lentidão das actualizações de software e a sua falta de experiência em marketing, são as causas que a LG começou a perder fôlego e finalmente atingiu a difícil situação em que se encontra atualmente neste mercado.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado