Páginas Amarelas alia-se à Portugal Ventures para acelerar novos negócios de Marketing Digital e E-commerce

Esta parceria prevê também a prestação de serviços de marketing digital pela Páginas Amarelas às várias startups da Portugal Ventures e abre ainda oportunidades de investimento à agência, que poderá entrar no capital social das empresas do portefólio do investidor de capital de risco.

Páginas Amarelas frechou uma parceria com a Portugal Ventures com o objetivo de apoiar o crescimento de startups nas áreas de comércio online e marketing digital, bem como de investir em novas ideias que partilhem da sua missão: apoiar a transição digital de pequenas e médias empresas.

Através deste protocolo de colaboração, a Páginas Amarelas junta-se aos 10 parceiros que compõem a Rede de Corporate Partners da Portugal Ventures, entre os quais o ISQ, a GALP, a SGS, a Amazon e a Glintt, para apoiar as startups do portefólio na testagem dos seus pilotos, na adaptação do seu modelo de negócio ao mercado real e na angariação de potenciais leads comerciais. A parceria prevê também a prestação de serviços de marketing digital pela Páginas Amarelas às várias startups da Portugal Ventures e abre ainda oportunidades de investimento à agência, que poderá entrar no capital social das empresas do portefólio do investidor de capital de risco.

Segundo António Alegre, CEO da Páginas Amarelas, “esta parceria surge da vontade de aproximar a Páginas Amarelas do ecossistema empreendedor e, em linha com a nossa missão, adicionar valor a negócios que estão a dar os seus primeiros passos no mercado. Acreditamos que estamos ao nível do que de melhor se faz no mundo do digital, pelo que queremos usar esse know-how em prol das startups, ajudando-as a recuperar e a ter sucesso em mercados altamente competitivos, bem como investir em projetos que possam fazer crescer as nossas próprias áreas de negócio”.

Para Rui Ferreira, Vice-Presidente da Portugal Ventures, “a entrada na nossa rede de Corporate Partners de uma marca forte e com elevada notoriedade como é o caso das Páginas Amarelas, vem trazer um contributo muito importante, quer nas oportunidades que abre às nossas participadas, quer para a consolidação desta rede de parceiros que constitui uma aposta estratégica da Portugal Ventures”.
Tendo reinventado o seu modelo de negócio, a Páginas Amarelas passou da venda de um só produto (as listas telefónicas) para a liderança do marketing digital em Portugal. Hoje é uma das principais contribuidoras para a transição digital das empresas nacionais, posicionando-se na dianteira do trabalho para um desenvolvimento sustentável através das ferramentas online.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado