Ataques de rede caem mais de 80% em Portugal

De acordo com as estatísticas da equipa de investigação do WatchGuard Threat Lab, publicadas no site Threat Landscape, as tentativas de ataques de rede caíram a pique de 19.233 em janeiro para 3.394 em fevereiro.

Segundo Marc Laliberte, Analista Sénior da WatchGuard, “a queda no volume de ataques de rede de janeiro a fevereiro pode ser atribuída a três classes de exploit que caíram em desgraça durante o mês de fevereiro”. Com efeito, as deteções de um tipo específico de Cross-Site Scripting caíram de 4.300 para apenas 350, enquanto um método de Execução de Comando Remoto sofreu um decréscimo de 3.500 para 0 e uma deteção comum de Directory Traversal de 1.500 para apenas 44.

Como nenhuma outra ameaça do género veio preencher a ausência destas três, os ataques de rede em Portugal acabaram por registar um declínio substancial de janeiro para fevereiro.

Mas ainda segundo a monitorização do WatchGuard Threat Lab, Portugal sofreu em fevereiro passado um total de 26.120 ataques de malware, o que corresponde a um ritmo de 1.045 ataques por dia e 44 por hora. Estes números indicam uma subida, já que em janeiro se registaram 22.818 ataques de malware, correspondentes a 736 por dia.

Aceda aqui ao relatório Threat Landscape




Deixe um comentário

O seu email não será publicado