Equinix abre data center em Bordéus

Com ligações de fibra diretas para os sites International Business Exchange da Equinix em Paris, esta nova instalação – designada BX1 – proporcionará, às empresas globais e autoridades locais da Nova Aquitânia, a capacidade de conexão direta e segura à economia digital mundial.

 A Equinix vai abrir o seu primeiro data center em Bordéus, França, no terceiro trimestre de 2021. Com ligações de fibra diretas para os sites International Business Exchange da Equinix em Paris, esta nova instalação – designada BX1 – proporcionará, às empresas globais e autoridades locais da Nova Aquitânia, a capacidade de conexão direta e segura à economia digital mundial, por meio de ecossistemas digitais abrangentes.

As oportunidades de conectividade serão ainda mais relevantes decido ao facto do BX1 disponibilizar um hub de atracagem para o novo cabo submarino AMITIE, que irá ligar França aos Estados Unidos e à Grã-Bretanha, criando uma nova gateway para o tráfego de dados entre os Estados Unidos e a Europa.

A pandemia COVID-19 revelou a verdadeira importância da tecnologia digital; do teletrabalho ao aumento da automação e colaboração, a inovação tecnológica tornou possível manter o mundo em funcionamento cumprindo as restrições existentes, mas também permite captar novas oportunidades.

Na verdade, a transformação digital está a remodelar setores económicos e industriais em todo o mundo. De acordo com o World Economic Forum, o digital representará 60% do PIB global até 2022 e estima-se que 70% do novo valor criado na próxima década será sustentado por plataformas digitais. No entanto, este desenvolvimento depende da capacidade de processar dados e criar sinergias entre empresas dentro de infraestruturas físicas, localizadas o mais próximo possível dos utilizadores.

Estrategicamente localizada no sudoeste da França, perto da costa atlântica, Bordéus afirma-se como um novo centro no mapa da conectividade global. Pioneira no conceito de cidade inteligente, Bordéus atraiu uma grande concentração de start-ups e indústrias de ponta, como a aeroespacial e a óptica e fotónica. A cidade também abriga uma comunidade empresarial crescente de empresas globais e locais, que exigem baixa latência, maior largura de banda e forte conectividade aos principais provedores de serviços de rede, conteúdos e cloud, para estabelecerem e expandirem os seus negócios.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado