Quase 70% dos developers preferem trabalhar com soluções cloud baseadas em código aberto

Segundo um estudo da O’Reilly Media, encomendado pela IBM, o crescimento da adoção de soluções de computação em nuvem e multicloud ocorre paralelamente à preferência dos developers por softwares de código aberto.

A pandemia impulsionou o trabalho remoto e para dar suporte a este novo modelo de trabalho muitas organizações adotaram soluções de computação em nuvem e multicloud. Segundo um estudo da O’Reilly Media, encomendado pela IBM, o crescimento da adoção de soluções de computação em nuvem e multicloud ocorre paralelamente à preferência dos developers por softwares de código aberto. Setenta por cento dos entrevistados para este estudo disseram preferir fornecedores de cloud baseados em código aberto.

“Temos visto a proliferação de software de código aberto e a cloud crescerem significativamente nas últimas duas décadas, e está mais claro do que nunca que o futuro dessas tecnologias está intrinsecamente ligado”, disse Christopher Ferris, CTO da Open Tech, IBM.

Intitulado “O valor do código aberto na era da cloud”, o estudo ressalta os sentimentos dos entrevistados em relação ao conhecimento de código aberto, oportunidades de carreira e preferências de fornecedores de cloud.

O estudo, conduzido no último trimestre de 2020, com 3.400 developers e gestores de RH, mostra que “quase todos os entrevistados” usavam software de código aberto (OSS) em “alguns aspetos das suas operações”. A maioria (94%) classificou o OSS como melhor ou igual ao software proprietário, de acordo com o relatório.

Ao selecionar um fornecedor de cloud, quase três quartos dos entrevistados (70%) disseram preferir fornecedores com soluções baseadas em código aberto.

“Mais e mais developers estão a aprender e a trabalhar em software de código aberto, e a maioria deles até os preferem em relação a tecnologias proprietárias. Isto, combinado com a crescente mudança para um ecossistema de cloud híbrida entre as empresas, ilustra que o código aberto é mais importante do que nunca na era da cloud”, disse Ferris.

O relatório também se concentra no conhecimento prévio do código aberto e no seu impacto na contratação de gestores. Por exemplo, virtualmente todos os gestores de RH entrevistados (87%) viram o conhecimento de código aberto como um fator importante e 67% acreditam que a experiência de código aberto oferece um valor comparativamente melhor a longo prazo em comparação com a experiência com soluções específicas de um fornecedor.

Mais da metade dos entrevistados (54%) sentiu que a formação de habilidades em computação na nuvem específicas de um fornecedor limitava o “crescimento profissional”. Além disso, quase sete em cada dez entrevistados concordaram parcial ou totalmente que os empregadores em potencial ficaram impressionados com o trabalho em projetos de código aberto, levando-os a “melhores oportunidades profissionais”. Cerca de um quarto dos gestores de RH concordou totalmente que o “código aberto atrai talentos”, segundo o relatório.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado