Startup luso-americana Apres levanta 1,5 milhões de dólares em ronda seed

A plataforma Apres oferece mais transparência promete melhorar o desempenho dos modelos de Inteligência Artificial em setores como o financeiro e o segurador.

Matt Waite, CEO da Apres

A Apres, com operações nos Estados Unidos e em Portugal, anunciou uma ronda de investimento seed de 1,5 milhões de dólares para trazer a sua solução de Inteligência Artificial Explicável (“Explainable AI”) ao mercado. A Faber e a Adara Ventures lideraram em conjunto a ronda de investimento, com a participação da Techstars e business angels.

A Apres entra num mercado de IA em expansão, a crescer para 110 mil milhões de dólares em 2024, que se encontra saturado com promessas mas repleto de falhas, onde atualmente mais de 87% dos modelos desenvolvidos não conseguirão entrar em produção e, mesmo se forem bem-sucedidos, terão uma ocorrência de 85% de erro. Independentemente do resultado, mais de 80% dos orçamentos de IA serão gastos em processamento de dados e em geração de relatórios. O sucesso é raro e os fracassos são destrutivos (veja: racismo no Twitter, discriminação na JP Morgan, preconceito na Apple).

A Apres foi fundada para desbloquear a promessa da IA ao melhorar radicalmente a acessibilidade. Para garantir o sucesso do modelo ao traduzir o comportamento da IA ​​para uma linguagem que todos possam compreender. Para reduzir o erro e eliminar o preconceito, comunicando as lacunas do modelo às pessoas certas, no momento certo. Para reduzir gastos automatizando os relatórios de que as equipas precisam para confiar nos modelos. Para tornar IA ética a melhor decisão de negócio.

A plataforma Apres simplifica a integração nos modelos já existentes para criar explicações e interpretações ricas. Indo além da explicabilidade de primeira geração, a Apres contextualiza cada fatia de dados e modelo de decisão relativamente aos objetivos de negócios. Isto cria uma linguagem comum para as equipas técnicas e não técnicas comunicarem o sucesso e disponibilizarem feedback que melhora as interpretações e relatórios da Apres. Esses resultados são disponibilizados mediante pedido, através de uma aplicação web, API flexível e integrações.

“A capacidade de explicar resultados baseados em IA está a tornar-se num aspeto crítico de qualquer sistema de IA e é uma área que temos seguido há algum tempo”, diz Carlos Silva, Partner da Faber. “Na Apres, encontrámos não só uma solução de ponta para este problema, mas também uma equipa particularmente notável que junta visão, conhecimento de domínio e capacidade de execução. Sentimo-nos honrados por nos terem escolhido para partilhar esta missão a longo prazo.”

“Estamos entusiasmados nesta parceria com a Apres, para cumprir a sua missão de tornar a IA explicável e transparente”, afirma Ross Strachan, Principal da Adara. “Matt, Subbu e a equipa da Apres impressionaram-nos com a sua profunda experiência de domínio e visão de produto arrojada, pelo que estamos ansiosos para apoiá-los na sua jornada de crescimento.

“As empresas não deveriam ter que escolher entre desempenho de IA e transparência”, diz Matt Waite, CEO da Apres. “Estamos gratos por esta parceria com a Faber e com a Adara, dois fundos com um elevado conhecimento tecnológico, que entendem a nossa visão para tornar a IA ética acessível a todos.”

A equipa fundadora da Apres conta com uma vasta experiência no desenvolvimento de ferramentas e serviços baseados em dados para os mercados Americano e Europeu. O CEO Matthew Waite foi anteriormente CPO e co-fundador da Fluid, um serviço financeiro financiado por capital de risco que utiliza IA para dar resposta a pessoas com baixa taxa de utilização de serviços bancários. O CTO Subbu Balakrishnan conta com mais de 24 anos de experiência em liderança de software, tendo liderado anteriormente equipas na  Good&Co e na Keen IO, empresas financiadas por capital de risco, e como um dos primeiros colaboradores da gigante de tecnologia Razorfish. O CPO Blake Aber traz experiência significativa em inteligência sistematizada e supervisão de risco na Bridgewater Associates e American Express. O diretor de IA da Apres, Rahul Kumar, é um autor publicado e investigador na Jatana, Botsupply e Accenture. O Vice-presidente de desenvolvimento, Mihovil Kovacevic lidera o desenvolvimento de frontend com experiência anterior no desenvolvimento de aplicações ricas em análises na Ericsson e na TVBeat.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado