A Automatização e os seus contributos para a criação de valor

Podemos encontrar diferentes abordagens sobre o tema da automatização, sendo a perspetiva social a que tem granjeado maior debate.

Por Paulo Mendes Cabeçadas, Atos Portugal

O contributo da adoção de meios de automatização nos diferentes setores bem como para a sociedade é muitas vezes remetido para um segundo plano, enaltecendo sim as distorções sociais que daí podem advir. O aumento do índice de desemprego associado à introdução de inovações tecnológicas na produção ou serviços é sem dúvida uma preocupação a ter em conta, mas as pressões que advêm de um aumento da população mundial, a crescente expectativa de vida e a nova economia digital obrigam a adoção por parte dos diferentes agentes económicos de soluções que respondam de forma eficiente e eficaz a esses novos desafios.

A automatização tem sido um fator chave das estratégias das empresas que procuram se reinventar ou sobreviver, num contexto onde alterações de modelos económicos (core do negócio ou modelos organizacionais) na procura desenfreada de modelos disruptivos tem afetado o dia a dia das organizações ditas tradicionais.

Todos nós temos vindo a beneficiar de uma forma ou de outra da implementação de automatismos, tarefas repetitivas / complexas / morosas que têm sido o alvo preferencial para a sua introdução, qual de nós não se recordará de uma simples ida ao banco (talvez com os nossos pais) para levantar dinheiro.

No extremo da automatização de serviços ao consumidor temos atualmente as famosas Go Stores da Amazon que através de Machine Intelligence, Visão Computacional aliada a Automatização permitem uma experiência única aos seus clientes libertando-os, nomeadamente, das filas nas caixas de pagamento, podendo os mesmos sair livremente do estabelecimento com os bens adquiridos.

Quais são então os principais benefícios da implementação da automatização? Muitos estudos e opiniões foram publicados tentando dar resposta a esta pergunta, e diversas respostas surgem nomeadamente de acordo com o sector de mercado a que se dirigem, mas fundamentalmente encontramos unanimidade em cinco benefícios.

Redução dos Custos Operacionais

Todas as organizações são confrontadas com a pressão de melhoria da sua rentabilidade. Uma das abordagens possíveis consiste na redução dos seus custos. A automatização surge como solução a considerar para o controlo e contenção de custos melhorando simultaneamente a qualidade dos serviços prestados. 

Incremento da Produtividade

Segundo um estudo, 37% das empresas que têm interesse na automatização têm por objetivo a melhoria da sua produtividade. A implementação de soluções de automatização (Robotic Process Automation) sobre processos repetitivos (ex.: reconciliação de faturas, email de confirmação de encomenda, …) anteriormente executadas de forma manual, vem reduzir significativamente o tempo de realização dessas mesmas tarefas entre outros benefícios.

Elevada Disponibilidade

Muito dos processos e/ou procedimentos das organizações dependem de mão de obra, a globalização vem trazer novos desafios com a presença em diferentes mercados em diferentes fusos horários, obrigando as empresas a disponibilizarem serviços em modelo 24x7x365. A automação vem trazer às organizações a flexibilidade necessária para responder em continuo aos seus clientes deixando de ser necessário a disponibilização de hub´s nas diferentes geografias.

Fiabilidade

A repetição de tarefas exponencia o risco de erro quando estas são realizadas de forma manual. Quando se substitui o fator humano por autómatos o fator risco diminui consideravelmente. A importância da fiabilidade dos processos e dos sistemas nas empresas não deve ser subestimando pois permitem incrementar os índices de satisfação dos seus utilizadores/ consumidores. A automatização das tarefas para além de reduzir o erro permite realizar as tarefas com o cuidado devido na ordem correta e com os corretos dados de entrada (ex.: contratos, faturas…).

Performance

A utilização de autómatos permite manter uma velocidade constante e ininterrupta nas diferentes operações de uma organização.  A rapidez de execução das tarefas aliada a eficiência operacional trará uma maior produtividade num mesmo hiato temporal.

Longe de ser uma ameaça a automatização vem trazer sim uma melhoria das condições de trabalho libertando os trabalhadores de tarefas repetitivas e de menor valor, bem como uma maior competitividade das organizações trazendo uma maior agilidade, performance e rapidez.

Numa era de constante inovação, a automatização é uma obrigatoriedade que leva a uma transformação profunda nos modelos organizacionais, sociais e económicos sem por isso alterar o core das organizações ou o seu funcionamento. Os seus benefícios são inesgotáveis e os novos modelos de trabalho deverão saber acompanhar essa evolução trazendo novas dinâmicas e criação de valor junto das organizações.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado