Microsoft anuncia projetos vencedores do Pitch for Impact

Inserida nas comemorações dos 30 Anos da Microsoft em Portugal, a iniciativa Pitch for Impact, realizada em parceria com a Amorim, Casa do Impacto, EDP, Galp e Maze, desafiou startups a apoiar projetos de Responsabilidade Social Corporativa, que irão a partir de janeiro do próximo ano colaborar com os diferentes parceiros.

Os projetos da EQS Global, Volvero, DUCKT, EcoBean, RePurpose global e Sensefinity foram os vencedores do Pitch for Impact, iniciativa da Microsoft que recebeu mais de 50 candidaturas de startups nacionais e internacionais, cujo foco são as áreas de Sustentabilidade e Impacto Social.

“O ecossistema de startups vencedoras apresentou projetos com elevada qualidade que comprovam o talento dos empreendedores, apresentando valor acrescentado a cada um dos desafios lançados. Esta iniciativa enquadra-se com a estratégia Microsoft de utilizar a tecnologia em prol das pessoas e empresas, com vista a um futuro cada vez mais sustentável. As startups são um motor de inovação indiscutível, e a Microsoft pretende continuar a acelerar o seu crescimento tendo também em consideração o seu papel na criação de oportunidades para as gerações futuras.” Declarou Andrea Rubei, Marketing and Operations Executive Director da Microsoft Portugal

As startups foram distinguidas em seis categorias:

A EQS Global é a startup vencedora da categoria “Track Good Vibrations” da Amorim, que lançou o desafio de explorar o potencial da tecnologia de IoT industrial em prol da melhoria do fluxo de tráfego nas linhas ferroviárias. O prémio dará acesso a consultoria com especialistas técnicos e de negócio da Amorim e a uma prova de conceito para validação de product-market fit. A EQS Global utiliza tecnologia de ponta desenvolvida internamente e plataformas digitais, em prol do aumento da eficiência, mitigação de riscos e reforço da sustentabilidade em serviços de gestão de ativos.

A Volvero é a startup vencedora do desafio “Rise for Impact” da Casa do Impacto, que procurou empreendedores motivados com soluções inovadoras capazes de responder às necessidades sociais e ambientais. O prémio permitirá à Volvero integrar a Comunidade da Casa do Impacto durante um ano, com acesso ao programa de incubação virtual e ao Bootcamp Rise for Impact. A Volvero disponibiliza uma aplicação de carsharing baseada nas mais inovadoras tecnologias de forma simples, confiável e sustentável.

A DUCKT é a startup vencedora do desafio “Powering Sustainable Lives” da EDP, que procurou soluções inovadoras e disruptivas que promovam a aceleração da neutralidade do carbono na sociedade e um impacto positivo na melhoria dos direitos humanos e da biodiversidade. O prémio permitirá integrar a Comunidade EDP Starter, uma comunidade internacional de mais de 200 startups e PMEs tecnológicas. A DUCKT é uma startup de mobilidade inteligente, que desenvolve soluções de infraestrutura em ambiente urbano.

A EcoBean é a startup vencedora do desafio “Pitch to the Future of Energy” da Galp, que pretendeu encontrar empreendedores inovadores que impulsionem a transição energética. O prémio oferece consultoria com especialistas técnicos e de negócio da Galp e uma prova de conceito com as áreas de negócio da corporativa. A EcoBean oferece uma forma sustentável, confiável e de custo reduzido para dar aos resíduos de café uma segunda vida, num processo de economia circular que reduza a pegada de CO2.

A RePurpose global é a startup vencedora do desafio “Enter The MAZE” da Maze, que procurou soluções empreendedoras em estágio inicial com foco na resolução de desafios sociais e ambientais através de modelos de negócios sustentáveis. O prémio dará acesso a 5 sessões de mentorship em Estratégia, Angariação de Fundos, Corporate Engagement, Gestão de Impacto e Marketing. A RePurpose Global é a primeira plataforma de crédito de plástico do mundo dedicada à eliminação e recuperação de resíduos de plástico.

A Sensefinity é a startup vencedora do desafio “AI for Good” da Microsoft for Startups, que pretende apoiar uma solução inovadora que integre o desenvolvimento de competências, sustentabilidade e acessibilidade, apoiando a capacitação social através da tecnologia. O prémio permitirá o acesso ao Programa de Empreendedorismo Social Global da Microsoft durante um ano, incluindo tecnologias de cloud gratuitas da Microsoft, acesso ao GitHub Enterprise, recursos dedicados go-to-market, acesso a clientes e a fundos para startups qualificadas. A Sensefinity disponibiliza uma solução full-stack, desde o hardware a uma cloud segura com uma API, para aplicações feitas à medida das necessidades de cada organização.

A Microsoft está comprometida em utilizar a tecnologia para ajudar as pessoas, empresas e governos a serem cada vez mais sustentáveis, aposta que se reflete no reforço constante da Estratégia de Sustentabilidade da empresa. Lançado em 2018, o programa Microsoft for Startups apoia o crescimento de startups de todo o mundo, através do acesso a recursos técnicos e comerciais com vista a acelerar a expansão sustentável de novas empresas.

Até 2030, a Microsoft terá uma pegada de carbono negativa e, até 2050, removerá todo o carbono emitido pela empresa desde a sua fundação, em 1975. Recentemente, a empresa anunciou também o investimento de mais de 40 milhões de euros em inteligência artificial e cloud para solucionar questões como a escassez e a limpeza das águas.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado