Teletrabalho sem limites de produtividade

A máquina LG gram 2020 i7 da LG com ecrã de 17″ pesa de 1340g, sim, leu bem, é muito leve, apesar das suas 17″, capaz e preparado para a sua equipa trabalhar em casa ou noutro lugar qualquer.

Por João Miguel Mesquita

Se tem, como é devido, a sua equipa a trabalhar em casa, mas com máquinas de 13, 14 ou 15 polegadas, já percebeu facilmente, uma quebra de produtividade, só por estarem a trabalhar num ecrã mais pequeno que o normal. Adquirir monitores externos e distribuí-los pelas casas dos seus colaboradores poderá até fazer sentido, mas esta ação pode desencadear um conjunto de pequenos contras, que não parecem ser simples de encarar neste momento. Se o que pretende é manter a sua equipa a trabalhar em casa, sem que baixe os seus níveis de produtividade, com um máquina prática, que aborde as necessidades da sua equipa, em teletrabalho e mobilidade, então a LG criou uma para a sua equipa. O LG Gram 17 pode resolver o seu problema. Apesar do seu ecrã ser de 17 polegadas, é realmente leve, trazendo ainda uma a bateria de longa duração.

Construído a partir de uma liga de magnésio, o 2020 LG Gram 17 pesa pouco menos de 1340 kg – menos do que muitos ultraportáteis de 14 polegadas e certamente menos do que outros modelos de 17 polegadas. Normalmente quando estamos perante uma máquina deste porte, olhamos com desconfiança para a qualidade de construção, que frequentemente acaba por torná-la económica. Mas esta solução, tem uma qualidade construtiva que não deixa nada a desejar, não sendo uma opção barata.

Diferente dos outros

Foi exatamente a sua qualidade de construção nos fez desejar pegar-lhe. Fomos atraídos pela singularidade do Gram 1, até porque não há outros laptops de 17 polegadas tão leves e com uma bateria de tão duradoura. O comportamento de uma bateria depende sempre do uso que lhe damos, e nós, aqui no Computerworld, não fazemos outros testes a não ser de uso. Foram mais de 12 horas, entre, streaming de vídeo, edição de imagem, teleconferências e pequenas operações, como edição de texto e consulta de email. O desempenho do processador surpreendeu-nos e deixou-nos muito satisfeitos, graças à adição de um CPU Intel Core i7-1065G7 de 10ª geração. O que também influencia os gráficos integrados mais poderosos do Iris Plus, conseguindo assim obter maior velocidade nomeadamente na edição de vídeos.

O ecrã de resolução 16:10 2.560×1.600 oferece um pouco mais de espaço vertical do que os típicos ecrãs de proporção 16:9. Este é um ecrã de alta qualidade também, com cores fortes e desempenho de contraste, mesmo que não seja um ecrã mais brilhante. Se tiver de trabalhar próximo de uma janela ou ao sol, via lutar contra os reflexos de revestimento brilhante da máquina.

Um “ultraportátil de 17”

A máquina tem um teclado retro iluminado com um teclado numérico de tamanho normal e teclas Backspace, Enter e Shift ligeiramente mais amplas, do que o normal. No geral, é uma experiência de digitação bem confortável e superior às últimas maquinas com que temos trabalhado, incluído os Mac, sim. Temos que confessar que a localização do touchpad, nos primeiros dias, pode não se ter revelado estar no melhor lugar mas, com o passar do tempo habituámo-nos, e o incómodo inicial desapareceu. O touchpad está centrado no teclado em vez de diretamente abaixo da barra de espaço; isso levou-nos a alguns enganos, e por vezes, alguma irritação, mas o uso e a habituação, fizeram com que deixasse de ser problemático. Até porque uma coisa é a localização outra coisa é a precisão, e aí mais uma vez ficámos rendidos.

O LG 2020 Gram de 17 polegadas inclui uma variedade de portas que facilita a conexão com um monitor externo ou dois, teclado, rato, armazenamento externo e muito mais. Embora muitos laptops da sua classe tenham mudado para portas USB-C para carregamento, o Gram 17 traz um um adaptador de energia que usa um conector de pino. Mas, é possível carregar esta máquina através da sua porta USB-C Thunderbolt 3. A LG inclui também um adaptador USB-C-para-Ethernet caso se pretenda usar uma conexão por fio em vez de Wi-Fi.

Mais ecrã, muita bateria, mais mobilidade

Em suma, equipar a sua equipa, ou parte dela, com máquinas LG Gram 17, pode ser resposta para muitos dos seus problemas, relacionados com manutenção da produtividade dos seus colaboradores.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado