Lenovo disponibiliza novas soluções de HPC e IA

Acelere análises mais complexas e IA processando até 3 PetaFLOPS de dados por rack1 com as novas soluções Lenovo ThinkSystem SD650-N V2 e ThinkSystem SR670 V2 utilizando a tecnologia de refrigeração líquida Neptune da Lenovo e GPUs NVIDIA.

A Lenovo coloca no mercado a oferta de soluções de computação de alto desempenho com objetivo de ajudar os clientes de todas as dimensões a construir um caminho mais inteligente com análises mais complexas e IA, acelerando e otimizando dados, entregando perceções mais rápidas e económicas e melhorando a tomada de decisões baseada em IA.

Segunda a marca estamos perante uma aceleração de dados sem precedentes

O servidor Lenovo ThinkSystem SD650-N V2 é um servidor com refrigeração líquida Direct-to-Node (DTN) do setor para GPUs NVIDIA A100 Tensor Core. Inclui quatro GPUs NVIDIA A100 incorporadas na placa num sistema 1U, oferecendo até 3PFLOPS de desempenho de computação num único rack. A refrigeração líquida Lenovo Neptune reduz o consumo de energia em até 40%, enquanto mantém a densidade e potência de computação sem precedentes.

“O nosso intenso foco na inovação de HPC decorre em sequência do nosso compromisso para com os clientes, que estão a trabalhar para salvar vidas humanas e ajudar a resolver alguns dos maiores desafios da humanidade”, disse Scott Tease, General Manager, HPC e IA do Lenovo Data Center Group. “Consequentemente, a Lenovo foi reconhecida como o fornecedor de supercomputadores TOP500, refletindo o nosso compromisso com a inovação revolucionária em HPC, Analytics e IA para empresas de qualquer tamanho.”

Inovação revolucionária em IA

Para impulsionar cargas de trabalho de computação intensiva, a Lenovo apresenta o novo Lenovo ThinkSystem SR670 V2, um sistema modular rico em GPU que suporta até oito GPUs NVIDIA A100 Tensor Core ou GPUs NVIDIA T4 num único frame 3U, fornecendo até 160 TFLOPS de desempenho de computação. Está incluído um modelo que impulsiona os trocadores de calor líquido-ar Lenovo Neptune (sem ser necessário adicionar encanamento) para arrefecer quatro GPUs NVIDIA A100 incorporadas na placa, oferecendo aos clientes um desempenho de IA com o benefício de consumo de energia reduzido e menor ruído em comparação com sistemas refrigeração a ar.

Karlsruhe Institute of Technology (KIT), uma universidade de investigação alemã, está a planear implementar um novo sistema 17 PFLOPS, com GPUs NVIDIA A100 Ampere arrefecidas a água quente, com a ajuda da Lenovo e do parceiro de negócios Pro-Com nos próximos meses. Dra. Jennifer Buchmüller, Chefe do Departamento de Computação Científica e Simulação do KIT, disse: “Estamos ansiosos para colaborar com a Lenovo no nosso supercomputador HoreKa de última geração, utilizando a tecnologia premiada Neptune Direct Water Cooling (DWC ). As eco-credenciais desta solução e a otimização do desempenho de todo o sistema combinam perfeitamente com o nosso objetivo de desenvolver software científico cada vez mais eficiente e sustentável. Isso, por sua vez, permite simulações em várias escalas, significativamente maiores do que jamais fizemos anteriormente, para investigações nas áreas de energia e mobilidade em engenharia, ciências dos materiais, ciências do sistema terrestre, ciências da vida e física de partículas e astropartículas.”

Estes novos servidores Lenovo também podem aproveitar as vantagens do extenso catálogo de software disponível no NVIDIA NGC, que inclui frameworks contidas, aplicações, modelos pré-qualificados, scripts e gráficos Helm, todos disponíveis para download gratuito. Hoje, a plataforma de data center NVIDIA acelera mais de 700 aplicações HPC.

Ajudar a resolver os maiores desafios da humanidade

Utilizando a configuração do sistema Lenovo GOAST (Genomics Optimization and Scalability Tool), os cientistas podem aproveitar uma solução de bioinformática validada e pré-configurada construída em servidores ThinkSystem Lenovo de alto desempenho e alta confiabilidade. Tradicionalmente, o processamento de um genoma completo (WGS) requer uma escala de tempo medida em dias, mas a configuração do sistema Lenovo GOAST (Genomics Optimization and Scalability Tool) fornece resultados em menos de uma hora utilizando hardware x86 padrão.

“Com o sistema Lenovo GOAST (Genomics Optimization and Scalability Tool), posso analisar mais dados e descobrir novos insights com maior rapidez. O nosso novo ambiente de HPC está a potenciar investigações de última geração que nos vão ajudar a criar plantas de alto rendimento mais nutritivas, mais tolerantes à seca/doenças para alimentar o mundo”, disse o Dr. Paritosh Kumar, Investigador Pós-Doutorado, Centre for Genetic Manipulation of Crop Plants, Departamento de Genética, Universidade de Delhi.

Para garantir que os data centers tenham a capacidade de energia e refrigeração necessária para os planos de TI atuais e futuros, os Serviços Profissionais da Lenovo oferecem novos workshops interativos de práticas recomendadas para data centers. Em parceria com especialistas em energia e refrigeração, a Lenovo pode ajudar a diagnosticar infraestruturas de TI através de uma série de avaliações com base nas necessidades do cliente sem nenhum custo para os mesmos, resultando na definição de metodologias comprovadas para obter refrigeração, energia e eficiência energética.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado