Uma segunda vaga de COVID-19 trará ciberataques mais sofisticados

Kaspersky exorta as empresas a proteger as suas infraestruturas devido às necessidades de teletrabalho e face aos cibercriminosos atualizados durante uma segunda vaga da Covid-19.

Uma potencial segunda vaga da pandemia Covid-19 implicará uma atualização dos ataques informáticos, que serão mais sofisticados e atualizados para as urgências da crise economica e de saúde que vivemos. Afirmou Alfonso Ramírez, CEO da Kaspersky Iberia,em conferência de imprensa. Desta forma, o executivo da fabricante russa de soluções de proteção infromática, preconiza o reforço da protecção das empresas com novas soluções de nicho. “Até agora, e durante os meses de confinamento, os cibercriminosos têm sido os de sempre. As ameaças mais utilizadas têm sido phishing , malware e desinformação, sem contar com técnicas especialmente transgressivas ”, destacou.

Alfonso Ramírez, que descreveu o cenário atual de segurança informática como “emocionante”, destacou o desafio de garantir o teletrabalho. Não sem antes acrescentar que muitas empresas repetiram os erros do passado: priorizar a continuidade dos negócios em vez da segurança. Isso gerou estatísticas, que a empresa recolheu, como, por exemplo, que 70% dos funcionários não receberam formação para esta etapa ou que 60% trabalham com equipamentos de capacidade reduzida, normalmente destinados para uso domésticos. “Isto mostra que a segurança informática não foi levada em consideração.”

Para este novo normal, a empresa reinventou as suas ferramentas acomodando-as também às PME, A sua oferta inclui as novas soluções EDR; Ideal para pequenas empresas que não possuem equipas técnicas de TI e cibersegurança; e Expert para grandes empresas. A fabricante russa também lançou seu novo serviço de inteligência de ameaças, o Kaspersky Threat Attribution Engine, para ajudar os analistas de SOC e a resposta a incidentes a atribuir amostras de malware a grupos APT previamente conhecidos.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado