Cisco condenada a pagar 1,9 mil milhões de dólares por violar quatro patentes de cibersegurança

Um tribunal dos EUA alega que a empresa influenciou os seus departamentos de vendas e marketing com essas patentes.

A Cisco terá que pagar uma indenização de 1,9 mil milhões de dólares à Centripetal Networks , localizada na Virgínia (Estados Unidos), pela cópia de quatro patentes de segurança. Uma ordem de um juiz americano, que alegou que o gigante da tecnologia influenciou seus departamentos de vendas e marketing com essas patentes.

A empresa demonstrou o seu desapontamento com esta decisão e argumentou que ” as nossas inovações são anteriores às patentes”. A cisco diz ainda que vai recorrer da sentença.

Por sua vez, Paul Andre, advogado da Centripetal, avaliou a decisão como uma “vitória significativa para todas as pequenas empresas inovadoras”. A Centripetal foi fundada em 2009 e concentra-se no uso de software e hardware de inteligência de ameaças para proteção de redes.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado