Os obstáculos que as mulheres enfrentam no negócio das TI

A Fujitsu está a investigar as principais oportunidades e obstáculos que as mulheres enfrentam na sua rede de parceiros tecnológicos.

A par da celebração do dia da empresária, a Fujitsu inicia esta semana um estudo que visa identificar as principais oportunidades e desafios que as mulheres na Europa enfrentam actualmente no canal TI.  

Contribuindo com mais de 80% das receitas da Fujitsu, o canal é um elemento crucial para o sucesso da Fujitsu, razão pela qual é vital que este ecossistema tenha capacidade para recrutar e reter uma força de trabalho diversa. Este estudo à rede de parceiros da Fujitsu pretende explorar os desafios que as mulheres no canal ainda enfrentam no seu ambiente de trabalho, desde identificar os obstáculos diários até aos efeitos da pandemia. A Fujitsu também pretende identificar mulheres pioneiras para servirem de modelo a seguir, bem como exemplos que encorajem uma nova geração de mulheres a entrar no canal TI e os seus aliados que suportam a diversidade no sector do Canal TI.

Fernanda Catarino, Responsável pelo Canal na Europa da Fujitsu, comenta: “A nossa indústria é impulsionada pela inovação e é um facto estabelecido que conseguir atrair uma grande variedade de perspectivas e ideias nos permite desafiar ideias feitas e inovar de forma muito mais eficaz. Também sabemos que empresas diversas têm melhor desempenho, são mais bem-sucedidas no recrutamento e retenção de colaboradores e possuem forças de trabalho mais motivadas. Porém, as mulheres continuam a estar sub-representadas no canal. O nosso estudo pretende iluminar os principais desafios que as mulheres enfrentam no canal, com o objectivo de ajudar o nosso ecossistema a remover tais obstáculos em benefício das mulheres, dos nossos parceiros e da sociedade como um todo.”

A Fujitsu aprecia há muito as vantagens de uma força de trabalho diversa e continua a assegurar um local de trabalho inclusivo. Os seus esforços até à data, que incluem uma robusta estratégia de diversidade e inclusão e a missão de colmatar as diferenças salariais entre géneros, levaram ao seu reconhecimento como um dos 50 Melhores Empregadores para Mulheres do The Times. A Fujitsu também promove a diversidade no seu ecossistema, abrangendo clientes, parceiros e fornecedores, com actividades que incluem a apresentação de exemplos a seguir femininos e a criação de programas de mentoria. 

Todas as mulheres no ecossistema de canal da Fujitsu e os seus aliados do sexo masculino são encorajados a preencher este estudo, o qual está disponível aqui.  




Deixe um comentário

O seu email não será publicado