Parcerias de investigação da Huawei no Reino Unido: Colaboração Internacional

Por Michael Hill-King, Collaboration Director, Huawei UK.

1. Desenvolvimento de Parcerias

Para a Huawei, a Colaboração Internacional significa duas coisas: foco em oportunidades estratégicas para desenvolver forças que permitirão à Huawei manter o seu estatuto de líder global e, simultaneamente, enriquecimento da capacidade dos nossos parceiros. Podemos fazer algumas comparações com a agricultura. Antigamente, a colheita de frutos do campo estrangeiro era realizada apenas em pequenas quantidades, pelo que não era necessário cuidar das plantas nem cultivar o solo. Atualmente, a Huawei tem centenas de projetos de cooperação no Reino Unido. Por conseguinte, neste campo, já não é correto colher o fruto sem cuidar das plantas ou cultivar o solo. Cabe à equipa de colaboração local familiarizar-se com cada um dos principais campos. Só estando familiarizados com eles podemos cuidar das plantas e assegurar que nenhuma planta é colhida em excesso. O cultivo do solo, incluindo a construção de sistemas de irrigação, é importante para relações estáveis a longo prazo.

No Reino Unido, as universidades estão no centro da ciência e da investigação com financiamento público, sendo responsáveis por três quartos da I&D com financiamento público – uma proporção significativamente maior do que a encontrada em economias de comparação. Este sistema centrado na universidade – onde para ter sucesso é necessário competir constantemente por financiamento de investigação – ajudou a criar uma das bases de investigação mais produtivas e eficientes do mundo. A natureza competitiva do financiamento de investigação conduz a concentrações de excelência em todas as disciplinas. Por este motivo, o Reino Unido atrai investimentos internacionais em investigação e desenvolvimento – cerca de 20% do investimento total em I&D – muito mais do que, por exemplo, os EUA e a Alemanha, onde o valor equivalente é de 4%. Existem evidências que sugerem que o investimento internacional em I&D realizado nas universidades é impulsionado pelo investimento público, o que, por sua vez, permite que investigadores e professores tenham mobilidade internacional quando se deslocam para países onde há disponibilidade de financiamento para investigação. O financiamento público para a investigação universitária alicerça o financiamento da investigação industrial.

Após o Brexit, o Reino Unido necessita de fazer mais amigos à escala global. Muitos investigadores esperam que os amigos na Europa continuem a ser amigos. Além disso, o Reino Unido deve procurar fortalecer amizades noutros sítios. Esta é uma oportunidade para a Huawei enquanto empresa chinesa número um que colabora ativamente com universidades do Reino Unido em projetos de investigação. Sem o parceiro certo, a colaboração não é nada, e só através da compreensão do ecossistema e da disponibilidade de recursos tecnológicos estrangeiros podemos concretizar a melhor implementação da nossa estratégia de inovação.

2. Criação de Talentos

A Huawei emprega vários milhares de funcionários com doutoramentos, recrutados das mais prestigiadas universidades em todo o mundo. Necessitamos de especialistas profundos na nossa empresa que possam não só realizar investigação fundamental, como também absorver investigação fundamental de todo o mundo para a empresa. Se não formos capazes de absorver para a empresa os resultados da investigação de outras pessoas, ficamos limitados à capacidade criativa do pessoal da empresa. Há uma grande oportunidade de construir relações construtivas com grupos de investigação académicos relacionados com o nosso negócio e de cultivar a próxima geração de investigadores.

3. Promoção da Confiança

A reunião com líderes universitários ensinou-nos que as universidades do Reino Unido valorizam muito as relações externas e as contribuições feitas por funcionários internacionais, estudantes internacionais e colaboradores de investigação internacionais. A maioria das universidades, em consonância com a Huawei, acredita que as parcerias de investigação – assim como a própria investigação – devem basear-se em evidências. A evidência é clara de que a colaboração internacional é profícua tanto para a investigação, como para os resultados da investigação.

As conversas com os nossos parceiros são importantes para entender as notícias e os sentimentos locais, pois ouvimos as suas observações e sentimentos que nunca são publicados. Os nossos funcionários locais ganham a confiança das universidades porque dedicam tempo a aprender a forma como funcionam os académicos e as universidades.

Com universidades parceiras fortes, existem muitas ótimas linhas de comunicação em funcionamento. Muitos dos nossos parceiros observam que há muito a ganhar com a colaboração com uma empresa líder em tecnologia sediada num país que será claramente forte nas próximas gerações. Esta mensagem é refletida por aqueles parceiros que valorizam a colaboração tecnológica ou científica com a Huawei e acreditam fortemente na colaboração internacional.

4. Construção do Nosso Futuro

No entanto, não devemos, nem podemos, considerar o nosso próprio desempenho como garantido. Devemos permanecer motivados para refletir sobre nós enquanto empresa com alcance global. O papel que desempenhamos na Huawei como funcionários responsáveis e o papel que desempenhamos coletivamente nos nossos ecossistemas locais como cidadãos empresariais responsáveis. Neste momento, estamos a realizar investimentos a longo prazo, iniciando muitos novos laboratórios conjuntos, nomeadamente no Reino Unido, para reforçar os nossos parceiros e criar tecnologia útil. Nos últimos cinco anos, o nosso investimento em cooperação tecnológica no Reino Unido cresceu fortemente. A nossa estratégia de cooperação técnica está a ser reformulada para incluir relações mais estratégicas com parceiros que nos comprovaram a sua capacidade e valor. Estamos a começar a aprender como encontrar estrelas em ascensão, não apenas aqueles com um vasto currículo. Universidades menos conhecidas, ou investigadores em fase inicial das suas carreiras, têm potencial para novas ideias revolucionárias e inovações.

No Reino Unido, patrocinámos investigações com mais de 30 universidades, algumas representam uma grande percentagem do orçamento porque têm mais de cem professores relacionados com os negócios da Huawei, enquanto outras têm uma equipa pequena, mas especializada, fortemente alinhada com os requisitos técnicos da Huawei requisitos e produzem excelentes resultados. Com os principais parceiros, construímos relações em três níveis: com os professores relacionados porque está diretamente alinhado com os nossos requisitos técnicos e de negócios, com as autoridades universitárias para manter a relação e o ambiente; e com a administração e os gerentes da parceria de negócios da universidade que apoiam a eficiência da colaboração em investigação.

O trabalho da equipa de colaboração local consiste em aprender a forma como a Huawei realiza a cooperação técnica, aprender com os seus pares noutras empresas e refletir sobre as suas próprias experiências, a fim de trazer a melhor abordagem para cada oportunidade de cooperação.

É conveniente concluir com uma frase simples. Tudo o que fazemos deve contribuir para a atividade da empresa, para a aprendizagem ou para a criação de talentos. As nossas parcerias de investigação universitária no Reino Unido apoiam estes três objetivos.

Por Michael Hill-King, Collaboration Director, Huawei UK.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado