Fujitsu alia-se a formação de Design para dar respostas a transformação digital

Esta parceria tem como obejtivo alargar o impacto da metodologia de co-criação Human Centric Experience Design, da Fujitsu, focada na transformação digital.

Nova Parceria com a POLI.design Alarga Alcance
da Metodologia Fujitsu Human Centric Experience Design

A Fujitsu anunciou uma parceria com a POLI.design, elemento fulcral dos conceituados cursos da Escola de Design do Politécnico de Milão, para acelerar e melhorar os processos de design estratégico para dar resposta aos grandes desafios nos negócios e na sociedade. Coincidindo com o lançamento de um currículo de formação desenhado em conjunto pela Fujitsu e a POLI.design para partilhar a metodologia Human Centric Experience Design (HXD) da Fujitsu, as duas entidades desvendaram planos para investigar formas como o design estratégico pode ser usado de forma eficaz com vista a criar valor para os negócios e para a sociedade.

Acelerar a inovação e gerar novos negócios

A metodologia Fujitsu está na base do processo de co-criação levado a cabo com clientes e parceiros para converter os desafios da transformação digital numa criação de valor tangível. Esta abordagem centrada nas pessoas e orientada pelo design foi concebida para acelerar a inovação e foi refinada para gerar valor comercial e social a partir da transformação digital.

Utilizar a Fujitsu HXD para co-criar com clientes e parceiros ajuda a encurtar o ciclo de criação de valor perante um desafio empresarial bem definido, adoptando uma abordagem centrada no ser humano. O processo de co-criação focado e limitado no tempo leva em consideração quatro ingredientes chave: pessoas, propósito, resultado e design. A Fujitsu HXD assegura que existe uma compreensão clara do desafio empresarial do cliente no contexto de uma estratégia global da empresa. Em seguida, explora cada problema a partir de múltiplas perspectivas, incluindo o aspecto humano. Com estes dados, os participantes combinam competências de diferentes áreas, como a gestão empresarial, a tecnologia, o conhecimento do sector ou a ciência, para rapidamente desenvolverem em conjunto esboços de conceitos que são rapidamente transformados num plano de trabalho para um teste de prova de conceito.

A nova colaboração combina a inovação tecnológica de longa data, experiência em design e alcance global da Fujitsu enquanto parceira de confiança de clientes da Fortune 100 com os 20 anos de experiência da POLI.design e a sua liderança de pensamento em design de serviço, design de produtos e design estratégico. A Fujitsu seleccionou a POLI.design como parceira de co-criação não apenas pela sua excelente reputação no desenvolvimento de design, mas também graças a uma crença partilhada na necessidade de uma abordagem orientada pelo design refinada e profissional com vista ao desenvolvimento de soluções transformadoras com impacto tangível na sociedade.

O primeiro marco é o lançamento de um programa para utilizadores da Fujitsu HXD em todo o mundo, com a primeira acreditação intensiva a ter lugar em Outubro e Novembro de 2020. A colaboração também inclui investigação ao modo como a utilização eficaz do design estratégico e centrado no ser humano poderia aumentar o valor comercial e social que as empresas privadas e as instituições públicas podem gerar na era da transformação digital.

Jo Box, Responsável do Programa Global de Co-Criação da Fujitsu, comenta: “Enquanto sociedade, estamos a assistir a mudanças a um grau e a um ritmo sem precedentes, que abrangem transformações económicas, sociais, tecnológicas e ambientais. Precisamos de encorajar o pensamento inovador para reagir aos desafios que isto cria. A metodologia Fujitsu Human Centric Experience Design é uma estrutura e uma ferramenta poderosa que permite que isto aconteça, ao mesmo tempo que retém um foco nos objectivos estratégicos do negócio. Ao trabalhar com a POLI.design para criar um currículo para partilhar de forma mais alargada esta abordagem orientada para os resultados, a Fujitsu irá equipas clientes e parceiros com um catalisador para uma transformação alargada.”

Venanzio Arquilla, Professor Associado do Departamento de Design do Politécnico de Milão e Coordenador da Academia de Design de Experiências (XDA) da POLI.design, afirma: “O foco da POLI.design no design enquanto recurso que pode orientar os negócios e a sociedade como um todo no desenvolvimento de soluções inovadoras está intimamente alinhado com os objectivos da Fujitsu. Ao longo dos últimos 20 anos, refinámos o processo de como desenvolver a próxima geração de licenciados orientados para o design, facultando-lhes as ferramentas e o conhecimento para redefinirem cada sector. Reunimos o maior corpo docente de design do mundo, com componentes de laboratório e de projecto que são considerados um benchmark pela indústria. Ao aplicarmos estas competências a um novo curso de Fujitsu HXD e aos mais eficazes meios de o disponibilizar, estamos confiantes de que os participantes vão rapidamente alcançar a competência total, entrando num caminho rumo ao sucesso.”

A implementação do novo currículo Fujitsu HXD Practitioner vai assegurar que a tecnologia transformadora seja partilhada de forma consistente entre colaboradores globais da Fujitsu e possibilite que clientes e parceiros apostem em soluções eficazes de criação de valor, estejam onde estiverem. Aproveitando a experiência da POLI.design em contribuir para que os alunos solidifiquem conhecimentos acabados de adquirir com aplicações práticas, o curso incluirá tanto elementos teóricos como práticos. O foco do Politécnico de Milão em possibilitar que os estudantes resolvam desafios do mundo real do início ao fim também faz parte do novo currículo Fujitsu HXD.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado