Women In Tech: o paradigma da liderança feminina em tempos de pandemia

A Huawei realizou o seu 2.º webinar #WomenInTech, evento que destacou a importância da liderança feminina revelada durante o bem-sucedido #EUvsVirus Hackathon no passado fim de semana (24 a 26 de abril).

O #EUvsVirus Hackathon foi organizado pela Comissão Europeia com o objetivo de gerar novas ideias para combater a pandemia de coronavírus. Atraiu quase 21 000 participantes de 141 países e resultou na apresentação de mais de 2 150 soluções propostas para combater a pandemia: em áreas como saúde e lifestyle, continuidade de negócios, trabalho e educação remotos, coesão social e política e financiamento digital.

A Huawei contribuiu para o Hackathon como um parceiro estratégico, sob a liderança de seu principal representante nas instituições europeias, Abraham Liu, a que se juntaram vários colaboradores da Huawei que participaram ativamente como mentores, domain leads, membros do júri e embaixadores.

Mulheres na era digital

O seminário on-line ontem (dia 29 abril) realizado, “Mulheres na era digital: marcar a diferença em tempos de crise”, centrou-se numa sessão de partilha com mentoras que orientaram as concorrentes durante o Hackathon. Foi organizado para complementar a Cerimónia de Consagração do Hackathon, realizada logo após o webinar.

Sobre a decisão da empresa de realizar o webinar durante o COVID-19, Abraham Liu comentou que, para a Huawei, a necessidade de pôr termo à lacuna de género existente no setor digital e não só “é tão obrigatória agora quanto antes da atual pandemia”, acrescentando que essa é para a empresa “uma absoluta prioridade”.

“Acreditamos na importância de manter vivo o debate sobre igualdade do género durante estes tempos difíceis, especialmente considerando que os bloqueios exerceram pressão extra sobre os pais que trabalham”, fez questão de salientar Abraham Liu. “A recuperação pós-COVID deve ser realizada de maneira sustentável e inclusiva, garantindo que ninguém seja deixado para trás. A tecnologia pode ajudar, e os nossos parceiros europeus podem contar com a Huawei para que isso aconteça”, rematou o responsável da Hauwei.

Liderança feminina em tempos difíceis

Os membros do painel do webinar discutiram tópicos de particular relevância para as mulheres nestes tempos desafiantes – entre eles, como a tecnologia pode ajudar as mulheres em risco durante os bloqueios; como soluções inovadoras podem ajudar os pais que trabalham; que conselho as mulheres líderes dariam às jovens que pretendem matricular-se em programas STEM (Science, Technology, Engineering e Mathematics) ou considerar empregos relacionados com a tecnologia e, de modo geral, qual foi sua experiência no Hackathon.

Aliás, importa aqui referir que muitos dos principais colaboradores do Hackathon eram mulheres – algumas delas líderes no ecossistema de tecnologia e ciência da União Europeia. Assumindo diferentes papéis e desafios, todas as participantes demonstraram que a liderança em tempos difíceis faz toda a diferença.

No lançamento do último fim de semana de Hackathon, a Comissária Europeia para a Economia e Sociedade Digital Mariya Gabriel fez questão de lançar um alerta para solicitar a ação de cidadãos de todo o mundo, pedindo que demonstrem que a colaboração entre fronteiras, setores e gerações pode libertar o potencial da sociedade para enfrentar esta crise.

[A Computerworld está em regime de teletrabalho com a ajuda da tp-link]




Deixe um comentário

O seu email não será publicado