Natixis lança programa de recrutamento para recém-licenciados

A Natixis, que tem no Porto o seu Hub de Inovação, lançou um novo programa de recrutamento dirigido a recém-licenciados das áreas de Direito, Gestão e Relações Internacionais: o Purple Scan. As candidaturas estão abertas até ao dia 3 de junho.

A empresa procura jovens profissionais que se identifiquem com a cultura da Natixis e que pretendam crescer com este novo projeto.

“Para além de terem completado a licenciatura, os candidatos devem ser fluentes em inglês, ter predisposição para aprender, pensamento ágil e inovador, atitude proativa e uma mentalidade colaborativa e multicultural. Devem também estar disponíveis para se juntarem à nossa equipa a partir de julho de 2020”, explica Maurício Marques, Diretor de Recursos Humanos da Natixis em Portugal.

Há cerca de 30 vagas para preencher até ao final do ano. Os novos colaboradores vão integrar as equipas de Know Your Customer e Sanction & Embargo, que fazem parte das novas atividades que a Natixis em Portugal desenvolve para o grupo desde o início do ano.

Entre outras condições, a Natixis oferece aos seus colaboradores contrato sem termo; espaço de trabalho flexível e moderno, no centro da cidade do Porto; contexto de trabalho multicultural;  desenvolvimento de carreira que inclui a possibilidade de mobilidade interna e internacional; parcerias com universidades; programas de formação técnica e em competências sociais; e metodologias dinâmicas de trabalho, com base na agilidade, na flexibilidade, no empreendedorismo e na criatividade.

Colaboradores das áreas de Direito, Gestão, Economia e Finanças

Este ano, o Centro de Excelência em IT da Natixis, no Porto, evoluiu para se transformar num Hub de Inovação (Natixis Innovation Hub), e passou a recrutar outros perfis para além dos tecnológicos. Esta iniciativa dirigida a profissionais juniores enquadra-se no processo de recrutamento de 130 novos colaboradores das áreas de Direito, Gestão, Economia e Finanças para integrar, nomeadamente, em equipas de Gestão de Recursos Humanos, Compliance, KYC – Know Your Customer, Gestão de Risco e BackOffice, entre outras.

A Natixis instalou o seu Centro de Excelência em IT no Porto em 2017, para internalizar grande parte dos seus serviços de IT – até então assegurados por fornecedores externos ou equipas dispersas geograficamente – e, de forma integrada e transversal, dar suporte tecnológico aos serviços do banco em todo o mundo.

Nos dois anos seguintes, recrutou 650 pessoas das áreas de tecnologia de informação. Hoje, o projeto conta já com 850 colaboradores, de sete nacionalidades. Para além da contratação nas novas áreas de suporte à banca, a Natixis continua a recrutar ativamente profissionais de perfis tecnológicos, que integrarão o centro de IT.

“Apesar do crescimento, a nossa cultura e mindset mantêm-se. Continuamos a ser a melhor combinação de uma estrutura grande e sólida, com o espírito de uma startup – pequena o suficiente para manter o espírito empreendedor, mas suficientemente grande para fornecer serviços globais”, acrescenta Maurício Marques.

Globalmente, em 2019, a Natixis registou um desempenho global muito positivo, com um resultado líquido de €9.177.000, que compara com o valor de €8.632.000 registado em 2018, representando um aumento de 6% face a esse ano.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado