COVID-19: IBM disponibiliza propriedade intelectual

Enquanto o mundo enfrenta um dos desafios de saúde mais significativos dos últimos anos, um número crescente de empresas de tecnologia está a trabalhar para ajudar a combater a COVID-19. A inovação e a criatividade contínuas serão essenciais para encontrar uma solução que permita acabar com esta pandemia e minimizar o seu impacto, sendo este o fundamento do Open Covid Pledge.

Esta semana, a IBM assinou o Open COVID Pledge, disponibilizando acesso gratuito ao seu vasto portefólio de patentes a todos os que desenvolvem tecnologias para ajudar a diagnosticar, prevenir, conter ou tratar a doença. Desta forma, a IBM garante que não irá reivindicar as patentes junto das entidades que as utilizem na luta contra o novo coronavírus. A participação engloba milhares de patentes de IA da IBM, incluindo patentes da tecnologia Watson, além de mais de 900 patentes ativas dos EUA na área de vírus biológicos. 

Desde o início desta pandemia, a IBM assumiu o compromisso de oferecer a cientistas e investigadores, ferramentas e recursos para os ajudar a combater a COVID-19. A participação no Pledge acresce à disponibilização que a IBM já fez de outras tecnologias para ajudar neste esforço e fornecer às pessoas na linha da frente os recursos tecnológicos que precisam, incluindo o lançamento do COVID–19 High Performance Computing Consortium, que oferece uma capacidade computacional sem precedentes para ajudar os investigadores a melhor entenderem esta doença, os seus tratamentos e potenciais curas. 

Mais informação sobre o Open COVID Pledge em: 

https://www.ibm.com/blogs/research/2020/04/ibm-patent-portfolio-access-combat-covid-19

[A Computerworld está em regime de teletrabalho com a ajuda da tp-link]




Deixe um comentário

O seu email não será publicado