Google e Apple unem forças na luta contra o COVID-19

Este é um acordo histórico em que ambas as entidades lançam uma solução abrangente que inclui APIs (APIs) e tecnologia no nível do sistema operativo para ajudar a ativar o rastreamento de contatos.

A luta contra o coronavírus não para e vai tão longe que dois gigantes rivais como Apple e Google decidiram unir forças para vencer a pandemia . As duas empresas anunciaram que estão juntas para criar tecnologia de rastreamento de contatos com o objetivo de conter a disseminação do Covid-19, permitindo que os utilizadores optem por um sistema que classifique outros telemóveis que estiveram nas proximidades.

Ambas as empresas falaram sobre o acordo: “Todos nós da Apple e do Google  acreditamos que nunca houve um momento mais importante para trabalharmos juntos para resolver um dos problemas mais alarmantes do mundo . Através de estreita cooperação e colaboração com developers, governos e fornecedores de saúde pública, esperamos aproveitar o poder da tecnologia para ajudar os países em todo o mundo a conter a disseminação do COVID-19 e acelerar o retorno à vida cotidiana “. 

Como as duas entidades explicam, lançarão uma solução abrangente que inclui interfaces de programação de aplicações (APIs) e tecnologia no nível do sistema operativo para ajudar a ativar o rastreamento de contatos . Dada a urgência, o plano é implementar essa solução em duas etapas, mantendo sempre medidas fortes para proteger a privacidade dos utilizadores .

Por um lado, em maio, as duas empresas lançarão APIs que permitem a interoperabilidade entre dispositivos Android e iOS usando aplicações de autoridades de saúde pública . Estas aplicações oficiais estarão disponíveis para os utilizadores fazerem download nas suas respectivas lojas de Apps.

Nos próximos meses, Apple e Google trabalharão para habilitar uma plataforma mais ampla de rastreamento de contatos baseada em Bluetooth, incorporando esta funcionalidade nas plataformas subjacentes . “Esta é uma solução mais robusta que uma API e permitiria a participação de mais pessoas, se assim o fizessem, bem como a interação com um ecossistema mais amplo de aplicações e autoridades governamentais de saúde. Privacidade, transparência e consentimento são de extrema importância nesta iniciativa e esperamos construir esta funcionalidade em consulta com as partes interessadas. Publicaremos abertamente informações sobre nosso trabalho para outras pessoas analisarem “, explica aApple.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado