Microsoft desafia portugueses a aprenderem mais sobre TI

Nos últimos anos o tema da aprendizagem ao longo da vida tem vindo a tornar-se cada vez mais uma prioridade e um desafio para a sociedade. Neste momento em que a economia e a sociedade são colocadas numa prova de fogo vital para a validação de todas as apostas feitas (e por fazer) em tecnologia, é imperativo parar e pensar de que forma podemos continuar a investir no desenvolvimento de novas competências para este novo mundo hiperconectado e digital. Por todos estes motivos, a Microsoft Portugal lança esta semana a iniciativa Microsoft Virtual Mornings: Cloud Trainings.

Sob o mote “O que vais fazer na próxima quinta-feira?“, esta iniciativa digital baseada em webinars ocorre todas as quintas-feiras às 10h com a primeira sessão já no próximo dia 9 de abril. Este é um programa de webinars que se materializa em sessões virtuais técnicas num tema mais do que atual. A cloud. A gigante americana vai falar sobre Data & Analytics, Escalabilidade com Windows Virtual Desktop, Migrating Server Infrastructure,  Segurança no Trabalho Remoto, Customer Insights with Power BI, Kubernetes and Devops e Azure Fundamentals. São sessões através das quais os participantes podem obter conhecimento e insights poderosos que permitam uma tomada de decisão de IT mais informada e segura. O registo é gratuito e feito através do link aka.ms/MSFTVirtualMornings.
O mundo como o conhecemos não será o mesmo, esta mudança abrupta provocada pela necessidade de distanciamento social, nas nossas vidas e na nossa economia, vai transformar para sempre o conceito de trabalho e a operação das nossas empresas. Este acontecimento fará com que tenhamos um salto de 5 a 10 anos nos processos de transformação digital em curso o que nos obriga a fazer o mesmo salto em termos de aprendizagem. Por isso é tão importante e necessário apostarmos neste importante conjunto de iniciativas e programas de formação. Para que todos consigamos ultrapassar este momento mais capacitados para o futuro.– Paula Panarra, General Manager da Microsoft Portugal
O apoio ao trabalho remoto através de ferramentas de colaboração como o Microsoft Teams passou a ser o tema de conversa nas novas Virtual Coffee Breaks feitas por muitas empresas. Tem sido também tema nas conversas de casa onde muitas famílias portuguesas transformaram uma mesa de jantar ou um quarto de hóspedes num escritório improvisado. Mas não só passámos para o trabalho remoto, como passámos para a formação remota. Exemplo disso mesmo são os webinars. A Microsoft Portugal reuniu recentemente 5000 participantes num webinar onde mostrou as melhores práticas para construir “O seu escritório em casa”. Iremos repetir novamente este webinar gratuito dia 14 de Abril, podendo encontrar-se muitos outros on-demand para que mais pessoas possam também tomar conhecimento destas boas práticas que tanto precisamos implementar nesta nova realidade – https://aka.ms/supertrabalho.
Já em outubro de 2019, Vahé Torossian, Vice-Presidente da Microsoft Corporation, através de um artigo publicado no LinkedIn, anunciava que a Microsoft iria ajudar 1.3 milhões de europeus a desenvolver competências técnicas. Este anúncio teve como base um estudo do World Economic Forum (WEF) que previa a criação de 133 milhões de novas profissões. Esta capacitação pode ser efetuada através de uma plataforma de formação e aprendizagem on-line – Microsoft Learn – a qual se juntou à iniciativa de ajudar ao desenvolvimento de novas competências técnicas através de Inteligência Artificial – AI School.

[A Computerworld está em regime de teletrabalho com a ajuda da tp-link]



Deixe um comentário

O seu email não será publicado