Fatores que tornam Portugal num hub de referência em serviços de IT

A e.near mostra os fatores que dão a Portugal um papel de ator principal enquanto motor internacional de serviços de IT em Nearshore

e.near, empresa 100% nacional integrada no ecossistema Connect Enterprises, numa fase em que todos vivemos em suspenso com os possíveis efeitos que o COVID-19, irá ter na economia global, empresas lembra o papel cada vez maior de Portugal enquanto hub de referência em serviços de IT em Nearshore, ajudando um crescente número de empresas estrangeiras a desenhar, desenvolver e implementar soluções tecnológicas que, independentemente do maior ou menor grau de complexidade associado, têm a elevada qualidade de entrega como requisito comum.

Tendo como base a sua experiência em Portugal, a e.near assume que a chave do sucesso consiste em trabalhar em estreita colaboração com clientes e parceiros para desenvolver as melhores soluções de IT em Nearshore, que respondam às necessidades de cada empresa. No comunicado a empresa pode ainda ler-se, que o sucesso da e.near não se pode dissociar dos argumentos que Portugal oferece nesta matéria. Para a e.near, estes são os cinco fatores que tornam o nossos país num hub de referência em matéria de serviços de IT em Nearshore.

  • Recursos humanos qualificados. A competência dos recursos portugueses é internacionalmente reconhecida pelas sólidas valências técnicas, interpessoais e linguísticas. Isto significa que os serviços de IT em Nearshore da e.near colocam à disposição do cliente equipas tecnológicas de especialistas altamente qualificados e experientes, com expertise em metodologias tradicionais e modelos Agile – e que se adaptam facilmente a outros mercados e culturas internacionais com as quais trabalham.
  • Talento made in Portugal (e não só). Em Portugal não se fala apenas bem o idioma internacional do negócio; também se fala perfeitamente a linguagem da tecnologia. Nas últimas décadas assistiu-se ao forte desenvolvimento de formação técnica e superior na área do IT. A e.near mantém por isso uma estreita interação com as principais faculdades técnicas das principais universidades nacionais, introduzindo este talento made in Portugal no mercado de trabalho e disponibilizando-lhe formação contínua através de seminários e workshops em diversas tecnologias. Além disso, combina este talento maioritariamente português com outras culturas de diferentes nacionalidades que trabalham diariamente nas suas equipas, tais como francesa, tunisina, holandesa e mexicana, entre outras. 
  • Infraestruturas avançadas. Portugal é um país com avançadas infraestruturas tecnológicas e de negócio: Cloud, Big Data, Analytics, Artificial Intelligence (AI), Cibersegurança e IoT são termos que entraram no léxico das empresas e dos seus colaboradores, fruto de uma sociedade cada vez mais utilizadora e conhecedora das vantagens que as novas tecnologias oferecem à sua forma de trabalhar. Este novo paradigma traz naturalmente vantagens ao modelo de IT em Nearshore, com as ligações de alto débito e a tecnologia cloud (para dar dois exemplos) a fomentarem a produtividade e eficácia nos projetos internacionais neste modelo de serviço.
  • Condições favoráveis. País conhecido pelo bom clima, pela boa gastronomia e pela geografia favorável também em matéria de diferenças de fuso horário, Portugal é um país que sabe bem receber todos aqueles que o visitam. Ao nível sociogeográfico, apresenta dois argumentos fundamentais que transmite, segurança às empresas que procuram serviços de IT em Nearshore: a estabilidade política e social e o facto de ser considerado um país seguro entre os seus pares. 
  • Defesa da Propriedade Intelectual. Por fim, mas não menos importante – e particularmente relevante no âmbito da prestação de serviços de IT em Nearshore –, Portugal tem um sistema jurídico robusto que dá as devidas garantias no âmbito do Direito de Propriedade Intelectual.



Deixe um comentário

O seu email não será publicado