Agap2IT lança BlockBase

BlockBase é uma plataforma para o armazenamento de bases de dados em Blockchain, um serviço para as empresas e instituições garantirem a segurança da sua informação digital.

Perante o crescimento de informação falsa online, como as fake news, os perfis falsos, as estatísticas enganadoras e as fotografias geradas artificialmente, entre muitos outros, tal como o aumento do número de registos comprometidos por ataques informáticos envolvendo o seu furto, venda, invenção, alteração dissimulada, ou destruição – 90% dos quais contendo dados sensíveis –, torna-se cada vez mais essencial a procura de alternativas a sistemas tradicionais de segurança de bases de dados e informação. A plataforma BlockBase, assente em tecnologia Blockchain, pretende solucionar parte destes problemas com uma abordagem, que pretende garantir a segurança e a verdade dos dados guardados e partilhados por empresas e instituições de qualquer dimensão ou setor. 

A plataforma Blockchain destina-se ao aprovisionamento de qualquer tipo e formato de dados e está a ser operacionalizada por uma equipa própria da área Labs da agap2IT, o seu departamento de Inovação. O projeto de quatro anos, que mereceu o apoio do Programa de financiamento Portugal 2020 SI – I&DT, tem evoluído, segundo a empresa, rapidamente. Já em 2020, iniciou a sua fase de testes e lançou uma Sandbox para exemplificação das vantagens do sistema de segurança criado. Está agora a chegar à sua fase beta.

O BlockBase está assente em tecnologia EOS, considerado por alguns especialistas, o Blockchain mais avançado a nível mundial, oferecendo confidencialidade, integridade e disponibilidade aos utilizadores, com a facilidade de integração direta com sistemas tradicionais, a adaptação a qualquer modelo de negócio e a possibilidade de escalabilidade mediante as necessidades identificadas no projeto.

Como explica Ricardo Schiller Pinto, Head of Research and Development da agap2IT, “garantir a segurança e a verdade dos dados é somente possível com o uso de sistemas blockchain. Sem estes todos os dados podem ser, em última instância, manipulados, furtados ou apagados, sem ser possível determinar a responsabilidade de quem fez o quê e quando. Isto deve-se a um problema resultante da centralização de sistemas, do abuso de poder, e da falta de mecanismos fidedignos que possibilitem a constituição de prova da evolução dos dados guardados nesses sistemas. Garantir a segurança e verdade dos dados fará parte dos sistemas do futuro, pelo que temos apostado fortemente nesta área tecnológica. O BlockBase justificou o apoio financeiro do Programa Portugal 2020 SI – I&DT, facto que é comprovador da relevância do projeto e da experiência da agap2IT na criação de tecnologia diferenciadora.”.

A plataforma BlockBase faz parte do investimento da consultora na área de R&D, com o objetivo de criar soluções que a posicionem na vanguarda da tecnologia.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado