Coronavírus, leva empresas a cancelar participação no MWC

Amazon, Ericsson e Sony cancelaram a participações no evento.

A China atravessa no momento uma epidemia de uma variação do coronavírus que está causando mortes e infecções no país. De acordo com os dados mais recentes, mais de 40 mil habitantes do país estão infectados pelo vírus, que já causou mais de 900 mortes. 

A propagação da doença já é sentida no meio de tecnologia: além de possíveis atrasos na entrega de produtos ou montagem de componentes (já que muitas companhias têm a sua linha de produção na China), diversas empresas cancelaram a sua presença no Mobile World Congress (MWC), um dos principais eventos do ano.

Amazon, Ericsson e Sony foram as últimas empresas a declarar que não mandarão colaboradores para o evento, que ocorrerá na última semana de fevereiro e deve levar mais de 100 mil visitantes a Barcelona. 

“Devido ao surto e preocupações contínuas sobre o novo coronavírus, a Amazon cancela a sua participação no Mobile World Congress 2020”, afirmou a empresa em comunicado divulgado no último no fim de semana.

“Vamos aderir às últimas recomendações das autoridades nacionais e internacionais, como a Organização Mundial da Saúde (OMS), para garantir a segurança de nossos funcionários, clientes e stakeholders e ajudar na contenção do vírus. Depois de um levantamento interno e extensivo de risco, decidimos ir mais além e desistir da MWC Barcelona 2020”, disse em comunicado o presidente e CEO da Ericsson, Börje Ekholm. 

“Como damos importância absoluta a segurança e bem-estar dos nossos clientes, parceiros, jornalistas e empregados, tomamos a difícil decisão abandonar a nossa exibição [de novidades] e participação no MWC”, disse a Sony em comunicado. 

Anteriormente, a fabricante coreana LG e a companhia americana de semicondutores Nvidia também declararam que não estarão no evento.

 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado