CMU Portugal duplica número de Bolsas duais de Doutoramento para as TIC

O Programa Carnegie Mellon Portugal (CMU Portugal), financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, duplicou de bolsas duais relativamente ao ano passado.

Este programa reforça assim o número de oportunidades de acesso exclusivo a um Doutoramento que confere grau pela Carnegie Mellon University (USA) e por uma Universidade Portuguesa parceira.

“O nosso objetivo este ano é conseguir aumentar o número de candidatos admitidos na CMU e dar-lhes a oportunidade de obterem um grau duplo em parceria com uma das mais prestigiadas Universidades norte-americanas e financiado a 100%” avança Rodrigo Rodrigues, um dos dois Diretores do Programa CMU Portugal. Os doutorandos que terminarem a sua formação com sucesso recebem dois diplomas, um atribuído pela Carnegie Mellon University (CMU) e outro pela universidade portuguesa parceira (Universidade de Aveiro, Universidade Católica Portuguesa, Universidade de Coimbra, Universidade de Lisboa, Universidade Nova de Lisboa, Universidade do Minho ou Universidade do Porto). 

Nuno Nunes, também Codirector do Programa avança ainda que “o nosso maior desafio neste momento é encontrar candidatos que consigam passar o rigoroso processo de admissão na Carnegie Mellon. Estes estudantes são admitidos e integrados como alunos regulares da Universidade Norte-americana, com todos os benefícios associados. Ao serem aceites beneficiam de uma experiência que lhes abrirá ligações com plataformas internacionais de investigação e um contacto privilegiado com pares nas áreas das Tecnologias de Informação fundamentais para virem a concorrer num sector que é cada vez mais competitivo.”

Os prazos para a submissão das candidaturas para o ano académico 2020/2021 variam consoante as áreas de investigação a concurso12 de dezembro para Informática (Computer Science), Interação Pessoa-Máquina(Human-Computer Interaction), Tecnologias de Língua Falada (Language Technologies), Robótica (Robotics) e Engenharia de Software (Software Engineering); dia 15 para Engenharia e Políticas Públicas (Engineering and Public Policy) e 31 de dezembro para Engenharia Eletrotécnica e de Computadores(Electrical and Computer Engineering).

As bolsas contemplam o pagamento integral das propinas tanto na CMU como em Portugal, assim como um subsídio mensal durante o período da bolsa.  A sua duração é de 5 anos (sendo renovada anualmente), dos quais 3 anos serão passados em Portugal e 2 anos passados na CMU. Os cursos são totalmente lecionados em inglês, tanto nos Estados Unidos como em Portugal.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado