Empresas americanas vão voltar a poder vender à Huawei

O secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, disse em entrevista a uma estação de televisão americana que iria libertar licenças que permitem as empresas americanas venderem componentes electrónicos a chinesa Huawei.

O Secretário do Comercio, disse que as licenças “serão entregues muito em breve” e que o governo dos EUA recebeu 206 pedidos. O Secretario do Comercio dos EUA afirmou ainda que estes pedidos estão francamente a cima do que o governo norte americano pensava existirem.

Em maio, a Huawei, a maior fornecedora de equipamentos de telecomunicações do mundo, foi submetida a uma lista negra dos EUA, citando preocupações de segurança nacional, proibindo-a efetivamente de comprar peças fabricadas nos Estados Unidos sem uma licença especial, enquanto as empresas americanas foram proibidas de vender à Huawei sem uma licença igualmente especial.

Sobre os desenvolvimentos comerciais EUA-China, o Secretario di Comercio disse que não havia razão para que o acordo não estivesse no caminho certo para ser assinado este mês.

Donald Trump, prometeu em junho inverter esta situação e fazer com que as licenças fossem atendidas de forma rápida e eficaz. Mas até a data, nada mais que palavras, surgindo agora estas promessa do Secretario do Comercio. Veremos quantos dias equivalem a brevidade para o governo norte americano.

.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado