Tecnologia portuguesa na “short list” de solulções para melhorar a qualidade do ar de Copenhaga

A Plataforma de Sustentabilidade AYR, desenvolvida pelo CEiiA, foi um dos cinco finalistas de uma competição mundial, que lançou o desafio de melhorar a qualidade do
ar e reduzir o aquecimento urbano em Copenhaga.

Numa competição promovida pela organização público-privada Access Cities e pela Câmara de Copenhaga, que procuravam ideias inovadoras, tecnologias e abordagens para reduzir os impactos negativos da poluição atmosférica urbana e o efeito das ilhas de calor. Insere-se no objetivo da capital dinamarquesa de se tornar a primeira no capital mundial neutra em emissões de carbono, até 2025. Ao todo, candidataram-se 45 empresas de 23 países. 

Gualter Crisóstomo, Head of Corporate Governance do CEiiA, declarou a imprensa através de comunicado que: “É um grande orgulho para nós termos uma tecnologia portuguesa entre as cinco melhores do mundo em sustentabilidade. Inclusivamente, a Câmara de Copenhaga já mostrou interesse em concretizar este projeto na cidade o que será uma satisfação ainda maior para nós, já que Copenhaga já é uma cidade que é tida como um exemplo mundial em mobilidade sustentável.” 

A Plataforma de Sustentabilidade AYR é a primeira que quantifica, valoriza e transaciona as emissões evitadas de gases com efeito de estufa (GEE), recompensando e incentivando comportamentos sustentáveis. 

As emissões evitadas são quantificadas e valorizadas em Créditos (token AYR), sendo armazenados numa Carteira Digital AYR. Os AYR podem, depois, ser transacionados por bens e serviços verdes. 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado