Dell receitas e lucros não param de crescer

Receita operacional de 519 milhões de dólares; receita operacional não-GAAP de 2,7 mil milhões de dólares.

A Dell anunciou hoje, em comunicado a imprensa, os resultados financeiros do segundo trimestre fiscal de 2020, encerrado a dois de Agosto de 2019.

A receita do segundo trimestre foi de 23,4 mil milhões de dólares, um aumento de 2%, e a receita não-GAAP foi de 23,5 mil milhões de dólares, um aumento de 1% em relação ao mesmo período do ano anterior. O lucro operacional foi de 519 milhões1 de dólares em comparação com uma perda operacional de 13 milhões de dólares no ano passado e o lucro operacional não-GAAP foi de 2,7 mil milhões de dólares em comparação com 2,1 mil milhões de dólares no ano fiscal de 2019.

O lucro líquido foi de 4,5 mil milhões de dólares ou 19,3% da receita, a receita líquida não-GAAP foi de 1,8 mil milhões de dólares ou 7,5% da receita não-GAAP e o EBITDA ajustado foi de 3,2 mil milhões de dólares ou 13,5% da receita não-GAAP.

O fluxo de caixa recorde das operações foi de 3,3 mil milhões de dólares. O lucro diluído por ação foi de 4,83 dólares e o lucro diluído por ação não-GAAP foi de 2,15 dólares.

“Estamos nos estágios iniciais de um ciclo de investimento liderado pela tecnologia. Os gastos com TI estão saudáveis e os nossos drivers de negócio continuam fortes”, diz Jeff Clarke, vice-presidente da Dell Technologies. “Estamos a inovar e a integrar todo o portfolio da Dell Technologies, da ponta ao núcleo da cloud, com uma empresa diversificada e projetada para ter sucesso em qualquer ambiente macro. Por exemplo, os principais pedidos da Dell aumentaram quatro por cento no trimestre, excluindo a China” 

A Dell Technologies encerrou o trimestre com um saldo de caixa e investimentos de dez mil milhões de dólares. A empresa pagou aproximadamente dois mil milhões de dólares em dívida bruta no trimestre e aproximadamente 2,4 mil milhões de dólares no acumulado do ano.

A empresa pagou aproximadamente 17 mil milhões de dólares em dívida bruta ao longo dos três anos desde o fecho da transação da EMC e está no caminho de reembolsar aproximadamente cinco mil milhões de dólares em dívida bruta no ano fiscal de 2020.

“Os resultados deste trimestre são fortes graças ao nosso portfolio líder e diversificado e à execução consistente. A receita operacional, a margem bruta e a receita diferida aumentaram dois dígitos, o nosso negócio de PC’s produziu resultados recorde e vimos um fluxo de caixa recorde” disse Tom Sweet, director financeiro da Dell Technologies.

“Junte isso ao nosso foco na criação de valor a longo prazo, crescendo mais rápido que os concorrentes e o setor, aumentando a receita operacional e o EPS mais rápido que a receita e gerando um forte fluxo de caixa ao longo do tempo. Estamos bem posicionados para o futuro”.

 


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado