Ericsson e a Vodafone lançam o 5G na Alemanha

A rede 5G foi lançada na Alemanha com o apoio dos produtos e soluções da Ericsson, que também serão utilizados na implementação do 5G da Vodafone no Reino Unido e em Espanha, nos próximos meses.

Poucas semanas após a participação com êxito no leilão do 5G e a realização da primeira chamada de vídeo pré-comercial com recurso ao 5G na Alemanha, a Vodafone lançou a rede 5G em julho, em mais de 20 cidades alemãs. Enquanto parceiro estratégico e líder na ativação do 5G, a Ericsson apoia a Vodafone no equipamento da rede. 

A Ericsson foi responsável pelo desenvolvimento do hardware comercial Massive MIMO AIR 6488 e da Banda de Base 6630 a partir do respetivo Sistema de Rádio, utilizados na rede Vodafone. As estações de base 5G estão também ligadas à rede 5G Evolved Packet Core Network da Ericsson, permitindo à Vodafone estabelecer a sua liderança em termos de capacidades 5G.

Num evento destinado à imprensa realizado no dia 16 de junho, o CEO da Vodafone AlemanhaHannes Ametsreiter, ativou as primeiras estações de base 5G. O evento, que teve lugar em Düsseldorf, incluiu ainda uma demonstração de velocidades >1Gbps com recurso a tecnologia da Ericsson, estando o espaço equipado com a rede de acesso via rádio da Ericsson, incluindo a tecnologia 5G Radio Dots e o equipamento 5G Evolved Packet Core.

Quando se efetuou a ativação da rede 5G, Ametsreiter afirmou: “estamos a entrar na era do 5G e a abrir pela primeira vez a nova geração móvel aos nossos clientes na Alemanha. Com as primeiras estações de base 5G, pretendemos compreender melhor de que forma e em que locais os nossos clientes estão efetivamente a utilizar o 5G para que a expansão da rede responda da melhor forma possível às necessidades”.

 Hoje, a rede 5G abrange cidades como Colónia, Düsseldorf e Dortmund. Até agosto deste ano, a Vodafone Alemanha planeia ter 120 antenas 5G e mais de 50 estações, cobrindo outras cidades, como Darmstadt, Mülheim an der Ruhr e Frankfurt. A Vodafone espera disponibilizar o 5G a cerca de 20 milhões de pessoas na Alemanha até ao final de 2021




Deixe um comentário

O seu email não será publicado