Mercado de smartphones em baixa mas Huawei em alta

A Huawei aumentou sua presença no mercado de smartphones durante o segundo trimestre, nem os embargos provocados pelo governo de Trump, nem as descofianças geradas a volta da marca chinesa, provocaram qualquer mossa no seu crescimento. A Huawei obteve o melhor trimestre de sempre, segundo mostraram os dados da Strategy Analytics.

O relatório sobre o desempenho do mercado de smartphones, o Strategy Analytics, constatou que as remessas totais de smartphones caíram para 341 milhões de unidades, de 350,4 milhões no segundo trimestre de 2018. Embora estes números signifiquem um trimestre de queda, alguns agentes do mercado entendem que esta queda não é tão significativa como as anteriores.

O Strategy Analytics mostra ainda que a Huawei obteve o desempenho mais surpreendente durante o segundo trimestre, tendo chegado a uma cota de mercado na ordem dos 17%. Durante um período de desconfiança do mercado gerada pelo governo norte-americano e num período em que o foco era mostrar que as acusações que lhes eram feitas não tinham fundamento a empresa chinesa cresceu e aumentou a confiança entre os utilizadores. Enquanto os governantes desconfiavam da sua ação, os cidadãos compravam smartphones Huawei

A Samsung liderou o ranking, com remessas de cerca de 76 milhões de unidades, m aumento de 7% em relação ao ano anterior. Como resultado, sua participação no mercado global de smartphones aumentou de 20% para 22%.

A participação da Apple caiu 1%, para 11%, com 38 milhões de unidades vendidas no segundo trimestre, significando uma queda anual de 8%. Foi o pior desempenho entre os cinco maiores players de smartphones do mundo.

A Apple teve um desempenho estável na China, mas encontrou algumas barreiras em mercados como a Índia e a Europa.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado