Estudo ACEPI: “Top 20 das principais economias para o comércio eletrônico”

Produtos elétricos e eletrónicos; Produtos alimentares e bebidas; Vestuário;
Mobiliário e decoração; Calçado e acessórios; e Produtos têxteis, são as categorias de produtos mais vendidos online e cujas receitas representam mais de 15,9 mil milhões de euros – 32% do total de exportações de bens.

A ACEPI- Associação da Economia Digital apresentou as conclusões de três estudos internacionais realizados no âmbito desta iniciativa, e entre os quais se destaca o estudo  “Top 20 Principais Economias na área do comércio eletrónico e de maior potencial de adesão aos produtos nacionais”Reino Unido, EUA, França, China, Espanha e Alemanha destacam-se como os 5 principais mercados alvo e com maior potencial de adesão a produtos nacionais através do Digital. 

Este estudo, realizado no âmbito do Projeto Norte Digital da ACEPI e desenvolvido pela IDC, empresa mundial especialista em estudos de mercado, teve em conta que a exportação de bens (excluídos os serviços) em Portugal ultrapassou os 50 mil milhões de euros, o equivalente a 26% do PIB e tem como objetivos aferir o estado da economia digital global, com especial atenção para os mercados que sejam mais relevantes ou tenham maior potencial para as PME portuguesas; ser um instrumento de apoio às empresas que pretendam apostar na economia digital; e selecionar os principais mercados alvo. 

O Estudo “Top 20 Principais Economias na área do comércio eletrónico e de maior potencial de adesão aos produtos nacionais” identifica também as tipologias de produtos, em particular aqueles associados à indústria de produtos transacionáveis, como sejam aqueles referentes a vestuário, calçado e acessórios, têxteis, mobiliário e decoração, produtos alimentares entre outros, e tem em conta nomeadamente os seguintes domínios na caracterização dos mercados em análise: Utilização da Internet; Nível de compras online;  Meios de pagamento mais utilizados; Condições de distribuição e serviços postais; Utilização de tecnologias nas empresas; Legislação e regulação; Fiscalidade; Maturidade da Economia Digital; e Exportação de produtos a partir de Portugal. 

As 20 economias com maior potencial de adesão a produtos nacionais através do Digital, foram identificadas de acordo com os seguintes critérios:

 – Exportações: os países selecionados devem ser relevantes no contexto atual das exportações de produtos por parte das PME portuguesas;

– Riqueza e População: os países devem representar as maiores economias mundiais;

– Maturidade Digital: os países devem ter uma maturidade digital que potencie as exportações online.

Por ordem alfabética, os países Top 20 sãoAlemanha, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Índia, Itália, Japão, Marrocos, Polónia, Reino Unido, Suécia, Suíça, Turquia e Rússia, os quais representam cerca de 80% do PIB e 55% da população mundiais

Categorias de produtos com potencial de adesão a produtos nacionais através do Digital

Produtos elétricos e eletrónicos; Produtos alimentares e bebidas; Vestuário; Mobiliário e decoração; Calçado e acessórios; e Produtos têxteis são as categorias de produtos mais vendidos online e cujas receitas representam mais de 15,9 mil milhões de euros – 32% do total de exportações de bens.

Categorias de produtos mais vendidos online, nos 20 países considerados: 

Produtos elétricos e eletrónicos

23,5%

Produtos alimentares e bebidas

21,4 %

Vestuário

18 %

Mobiliário e decoração

16 %

Calçado e acessórios

12 %

Produtos têxteis

9,1 %

 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado