Portugal tem nova plataforma de verificação de websites

A webcheck.pt permitirá a qualquer cidadão ou entidade verificar em tempo real o nível de conformidade de um domínio de internet e de correio eletrónico.

A  DNS.PT, gestora do domínio .pt, e o Centro Nacional de Cibersegurança, autoridade nacional especialista em matéria de cibersegurança, disponibilizam a webcheck.pt, uma plataforma online que permite a qualquer cidadão ou entidade verificar em tempo real o nível de conformidade de um domínio de internet e de correio eletrónico com os mais recentes standards para a comunicação segura entre sistemas. 

webcheck.pt foi apresentada oficialmente por Luisa Gueifão, Presidente do Conselho Diretivo do .pt, nesta quinta-feira, durante a 5.ª edição da Conferência Internacional de Cibersegurança (C-DAYS 2019) e estará disponível a partir de 8 de julho, tendo como objetivo promover a adoção de boas práticas que contribuam para garantir a segurança, integridade e confidencialidade nas comunicações através da Internet.

Adaptada ao contexto e à legislação nacional, a plataforma webcheck.pt oferece aos utilizadores uma interface intuitiva e de fácil utilização. Além de identificar o nível de conformidade de um domínio de internet e de correio eletrónico com os principais standards de segurança, nomeadamente DNSSEC, DANE, SPF, DKIM e DMARC, a plataforma permite aceder a um conjunto de normas técnicas e tutoriais relevantes que auxiliam à sua implementação.

“Numa época em que a segurança na Internet é muitas vezes colocada em causa, o .pt alia-se ao Centro Nacional de Cibersegurança e reforça o compromisso com a manutenção dos níveis de qualidade, fiabilidade e segurança que o registo de nomes de domínio .pt tem vindo a garantir ao longo dos anos. Esta parceria resulta no lançamento da plataforma de verificação de websites webcheck.pt, que estará ao serviço de qualquer cidadão ou entidade”, explica Luisa Gueifão, Presidente do Conselho Diretivo da Associação DNS.PT.

A responsável pela gestão do domínio de topo nacional adianta ainda que o projeto revela as competências do .pt ao nível da segurança. “Faz parte da missão do .PT contribuir para uma utilização mais segura e fiável da Internet, através da coordenação e cooperação na resposta a incidentes e na sensibilização e promoção de uma cultura de segurança junto da comunidade”, acrescenta Luisa Gueifão.

Lino Santos, Coordenador do Centro Nacional de Cibersegurança, realça que este instrumento pretende diminuir a opacidade dos standards, sendo que estes são muitas vezes apresentados com uma linguagem muito técnica e inacessível. “Pretende-se proporcionar ao utilizador comum e às empresas uma maneira simples e visual de aferirem os níveis de conformidade relativos à sua presença na Internet ou ao seu website, tendo em conta as melhores práticas. No contexto real, o responsável do IT de uma pequena e média empresa vai poder utilizar a webcheck.pt para exigir de forma clara ao seu prestador de serviços o que de melhor se pratica a nível internacional, não só para proteção de sítios Internet, como também do próprio serviço de correio eletrónico”, afirma Lino Santos. 

webcheck.pt, que resulta do trabalho conjunto do Centro Nacional de Cibersegurança e do .PT, pretende sensibilizar a comunidade Internet para a adoção de hábitos de segurança, contribuindo para assegurar uma maior fiabilidade e um acesso mais seguro a todos.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado