360imprimir quer recrutar cerca 100 colaboradores ainda este ano

A startupanunciou o início de um processo de recrutamento, que tem como objetivo a contratação de mais de 100 pessoas nos próximos 12 meses, para integrarem a empresa nos seus escritórios em Lisboa, Torres Vedras e Braga.

A possibilidade de contratação surge no seguimento de uma ronda de fundraising, no valor de 20,4 milhões de dólares (18 milhões de euros), que servirá para entrar em novos mercados, alargar a gama de produtos e investir em tecnologia e I&D. Com esta fase de recrutamento, a startup portuguesa  pretende dar resposta ao crescimento e internacionalização, já que acaba de entrar em 17 novos mercados, Alemanha, Áustria, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Itália, Irlanda, Noruega, Polónia, Reino Unido, República Checa, Suíça e Suécia.  

Sendo um dos fortes recrutadores de engenheiros informáticos em Portugal – cerca de um terço da sua equipa faz parte do departamento de IT -, este processo de recrutamento vai incidir essencialmente em pessoas qualificadas na vertente tecnológica. Para além e informáticos a empresa vai recrutar também para outras áreas como o “marketing digital”, growth”, focada na internacionalização da empresa e no lançamento de novos produtos e serviços, “operations”, posições relacionadas com logística e com todos os procedimentos inerentes à produção, “finance”, departamento responsável por toda a vertente financeira e “product management”, equipa responsável pela implementação dos projetos da empresa.

Atualmente com 200 colaboradores, a 360imprimir conta com uma equipa jovem, que tem a ambição e a exigência característica dos millennials, que se movem por projetos desafiantes, onde existam oportunidades de crescimento, aprendizagem e onde o potencial de carreira seja grande.

Para a empresa de produtos e serviços de marketing, a equipa é uma peça fundamental para o seu crescimento, por isso, procuram pessoas de diferentes nacionalidades, que lhes permita ter uma sensibilidade aos mercados onde atuam e comunicar com os clientes da forma mais adequada, tanto a nível de website, marketing e no apoio ao cliente.

A ronda de fundraising:

A ronda de investimento foi liderada pela LeadX Capital Partners (uma marca da Hospitality Digital GmbH, em Düsseldorf, na Alemanha) e acompanhada pela Omnes Capital (França), Pathena (Portugal) e pelo fundo 200M, que é gerido pela PME Investimentos e é cofinanciado pela União Europeia, através de verbas do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, canalizadas pelo Programa Operacional Regional Norte 2020 e Programa Operacional Regional Centro 2020.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado