Qualcomm, Audi e Ericsson testam tecnologia C-V2X

Um teste multilateral desta tecnologia na Europa que contou com a participação da Qualcomm, Audi, Ericsson, SWARCO e Universidade de Kaiserslautern, que formaram em 2016 o consórcio ConVeX.

 

A tecnologia C-V2X, para muitos considerada a o futuro da indústria automóvel, por permitir que os carros conversem entre si, com os pões e com as infraestruturas de trânsito numa troca de informações (dados) tornando mais segura a circulação automóvel e incrementado um forte sistema de transportes inteligentes e conectados. Projetada para funcionar em 5G, a C-V2X  tem ainda outros sistemas acoplados com a intenção de auxiliar os condutores, como sensores de radar e câmeras.

Schengen, no Luxemburgo, recebeu esta iniciativa que foi feita com um Audi e a infraestrutura viária inteligente da SWARCO, ambas equipadas com a plataforma Qualcomm 9150 C-V2X. Durante todo o evento, a plataforma Qualcomm 9150 C-V2X foi usada para exibir “case estudi” de segurança e veículo-infraestrutura (V2I).

A SWARCO demonstrou a sua capacidade na gestão de tráfego conectado em todos os canais estabelecidos. Esta foi a primeira vez que a empresa forneceu comunicação baseada em tecnologia C-V2X entre componentes de infraestrutura real e automóveis em vias públicas.

A tecnologia e produtos C-V2X já se encontram disponíveis no mercado e tem já uma maturidade aperciavel tendo em conta os anos de investimentos em diversos componentes, e da evolução dadas comunicações Wireless. Este teste pretendeu acma de tudo mostrar a uma cooperação cheia de êxito e a integração da tecnologia entre as empresas participantes no decorrerde 2018 na Europa, China, Japão, Coréia, Austrália e Estados Unidos.

Estes testes aumentam significativamente a confiança nas performances apuradas dos carros conectados e abre o caminho para que se trabalhe mais afincadamente, e com maior confiança nas soluções para carros sem condutor. 

 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado