Sogenave vai ter nova solução de gestão de compras

A empresa de distribuição alimentar e não alimentar, optou pela solução SAP Ariba e conta com a Softinsa na implementação do sistema.

A Sogenave, empresa do grupo Trivalor, escolheu a Softinsa como parceiro tecnológico para a implementação de uma solução de gestão de compras SAP Ariba. 

O operador nacional, na área da distribuição alimentar e não alimentar, optou por uma plataforma baseada na cloud que contempla os módulos de “Sourcing, Buying, Catálogos, Commerce Automation, Contract Management e Supplier Lifecycle & Performance”, refere a Softinsa em comunicado. Estas são “áreas fulcrais para a actividade da Sogenave, que compra, vende e distribui por todo o país uma vasta gama de produtos”, acrescenta a informação disponibilizada.
A Softinsa será responsável pelos serviços de consultoria e implementação integral dos módulos do SAP Ariba, que assentam em plataformas aplicacionais escaláveis.

O projecto será implementado faseadamente e tem uma duração estimada de dez meses. Engloba igualmente a integração da nova plataforma com o sistema SAP ERP, no que diz respeito aos processos de registo de faturas e pagamento a fornecedores.

“A escolha do SAP Ariba foi suportada pela necessidade de dispormos de uma solução tecnologicamente inovadora que agilize, de forma integrada, todos os processos da área de compras. O facto de movimentarmos anualmente 102 mil toneladas de produtos acarreta também uma grande responsabilidade para com os nossos parceiros de negócio e um compromisso em garantir a qualidade dos nossos serviços, que passa também por uma gestão eficiente das encomendas e da faturação”, salienta Luís Ferreira, CIO do Grupo Trivalor.

A Softinsa é SAP Platinum Partner. “A Softinsa, em conjunto com a IBM Portugal, tem provas dadas no mercado e um conhecimento aprofundado em SAP Ariba. Todos os consultores envolvidos na fase negocial do contrato demonstraram uma total dedicação e disponibilidade para encontrarmos a solução que melhor responde aos requisitos de negócio da Sogenave”, conclui o CIO.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado