Decreto-lei abre caminho para mobilidade mais sustentável

O Governo aprovou esta quinta-feira, em reunião de Conselho de Ministros, o decreto-lei que altera o regime de acesso e exercício das actividades de aluguer e partilha de veículos de passageiros sem condutor.

Testes para estacionamento autónomo de veículos do Grupo Volkswagen.

O novo diploma regula a actividade de partilha de veículos de passageiros, com e sem motor (sharing), mais um passo na promoção da mobilidade sustentável nas cidades. O decreto-lei altera ainda as condições de acesso e de exercício da actividade de aluguer de veículos de passageiros sem condutor (rent-a-car).

Entre outros aspectos, e segundo o comunicado do Conselho de Ministros, o diploma procede, “à simplificação de procedimentos relativos a ambas as actividades, nomeadamente à desmaterialização do contrato de aluguer”.

Esta alteração é mais uma medida inscrita no “Simplex+” que visa “desmaterializar, desburocratizar e simplificar os contratos de aluguer de veículos de passageiros sem condutor, consagrando a possibilidade de desmaterialização do contrato” e contribuindo ainda para a promoção da mobilidade sustentável nas cidades.

Experiências de condução autónoma na Alemanha

O Grupo Volkswagen (Volkswagen e Audi) anunciou, no dia 16 de Abril, que já começou a fazer testes para estacionamento autónomo de veículos de grande produção, uma “importante componente da condução autónoma”. A empresa, que tem vindo a desenvolver soluções de condução automática, refere que os testes estão a realizar-se no aeroporto de Hamburgo, na Alemanha, e o serviço deverá estar disponível em veículos do Grupo a partir de 2020. A prioridade máxima da Volkswagen é a segurança, motivo pelo qual, o “estacionamento autónomo será implantado por etapas”, explica em comunicado. Outras funcionalidades que o grupo está a explorar é o acesso integrado a “serviços adicionais, como carregamento, entrega de encomendas/lavandaria e faturação através de app.

Parque de estacionamento autónomo da Bosch, em parceria com a Mercedes-Benz e com a e.GO.

A Bosch, que em Portugal integra o Comité Estratégico para a indústria 4.0inaugurou recentemente o seu segundo parque de estacionamento autónomo, resultado de uma parceria com a Mercedes-Benz e com a e.GO. O parque inteligente será instalado campus de RWTH em Aachen, também Alemanha. Segundo comunicado de imprensa de 11 de Abril, “o futuro da mobilidade está cada vez mais próximo: estacionar vai resumir-se a parar à porta do parque de estacionamento, sair do automóvel, pegar no smartphone e usar a aplicação para que o veículo prossiga para um lugar de forma automatizada”.

A Bosch aponta para que, no final do ano, o sistema estará em produção. “Numa primeira fase, 12 automóveis eléctricos e.GO farão parte da frota disponível para os seus colaboradores, passíveis de ser utilizados para viagens de trabalho. A segunda fase terá como objetivo aumentar a eficiência do espaço utilizado no estacionamento através do sistema Bosch que gere todo o processo”, explica a empresa.

 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado